Siga-nos

Autarquias

Portel distinguido por ‘boas práticas de gestão abertas e inclusivas’

Iniciativa foi organizada pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional e teve lugar em Coimbra

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Município de Portel foi distinguido pela segunda vez com a atribuição da Marca Entidade Empregadora Inclusiva 2019.

Esta iniciativa realizou-se pela segunda vez e pretendeu reconhecer e distinguir práticas de gestão abertas e inclusivas, desenvolvidas pelas entidades empregadoras relativamente às pessoas com deficiência e incapacidade, contribuindo para criar condições de maior igualdade no acesso, manutenção e progressão na carreira das pessoas com deficiência e incapacidade, acessibilidades e serviços na comunidade.

Nesta edição de 2019, das 112 Instituições Públicas e Privadas de todos o País que se candidataram, foram distinguidas 28 com a Marca Entidade Empregadora Inclusiva, incluindo o Município de Portel.

É importante referir que na edição de 2017, candidataram-se 99 Instituições mas apenas 11 receberam a distinção da Marca, o Município de Portel nesse ano, foi o único município a sul do pai com esta distinção.
O Município de Portel nesta edição 2019 foi distinguido em todos os critérios de avaliação, designadamente;
– Recrutamento, desenvolvimento e progressão profissional;
– Manutenção e retoma do emprego;
– Acessibilidades;
– Serviço e relação com a comunidade
O objetivo do Município é continuar a desenvolver projetos que visem a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, sensibilizando a sociedade para o respeito pela diferença, promovendo o emprego apoiado e a acessibilidade.

No que diz respeito à acessibilidade queremos que seja um benefício para todos, valorizada e exigida pelos cidadãos
como um direito básico e um critério de qualidade no nosso Município.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Autarquias

Freguesia de Cano vai contar com novo Centro de Atividades Ocupacionais

O projeto foi apresentado pela autarquia em 2013 mas só agora vai ser uma realidade.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A freguesia de Cano, no concelho de Sousel, vai contar com um Centro de Atividades Ocupacionais, pretendendo dar resposta às necessidades de pessoas com deficiência, com idade igual ou superior a 16 anos.

Este projeto, apresentado pela autarquia em 2013, vai ser agora uma realidade, depois de uma estreita parceria entre o Município, a Associação Recreativa e Cultural de Sousel e a APPACDM de Portalegre.

O edifício do Jardim de Infância foi adaptado, de forma a acolher cerca de 9 utentes.

De acordo com o município, “aumentar a qualidade de vida dos indivíduos com necessidades especiais e fomentar a sua integração na sociedade são alguns dos objetivos a atingir com a concretização do CAO, na freguesia de Cano”.

O atual executivo tem ainda como objetivo a ampliação do espaço de forma a poder aumentar a oferta.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com 917278022