Siga-nos

Economia

Plataforma de apoio às empresas do Alentejo Litoral arranca hoje

O Litoral Alentejano é a sub-região do país que detém o primeiro lugar em produtividade por habitante.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Mitigar ao máximo os efeitos que os empresários do Litoral Alentejano estão a sentir num momento de crise provocada pela pandemia COVID-19 apresenta-se como o principal objetivo do programa de apoio às micro, pequenas e médias empresas, que arranca hoje (dia 19 de maio).

“Um projeto dos cinco municípios que integram a CIMAL, com a colaboração da Deloitte.”

A partir de hoje regista-se a abertura da linha telefónica gratuita (800 100 235) de atendimento para o registo dos pedidos das empresas.

Trata-se de uma plataforma inovadora, criada pelos municípios de Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines, numa parceria com a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral – CIMAL e a consultora Deloitte.

“É a primeira vez que a CIMAL avança com uma iniciativa deste tipo, a fim de apoiar os nossos empresários, particularmente as PMEs”, explica Vítor Proença, presidente da CIMAL e do município de Alcácer do Sal.

“O Litoral Alentejano é a sub-região do país que detém o primeiro lugar em produtividade por habitante. A economia, particularmente as microempresas e as PMEs que foram muito afetadas. Esta iniciativa, esta plataforma colaborativa, é um forte sinal dos municípios no relançamento da economia da região”, afirma o autarca.

O programa, que pretende auxiliar as empresas na tomada de decisão e implementação de medidas de resposta durante todo o ciclo de gestão de crise, inclui um vasto conjunto de serviços especializados.

As empresas irão contar com uma equipa multidisciplinar que irá divulgar informação sobre obrigações fiscais e incentivos disponíveis, fornecer informação sobre Direito do trabalho e empresarial, propor medidas de emergência a aplicar de imediato, identificar medidas de curto-prazo que permitam operar o negócio e recomendar medidas que visem retomar a normalidade dos negócios.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Economia

 Évora volta a ter escola de pilotos de aviação 

A Air Dream College vai arrancar com quatro aviões de instrução, esperando terminar o ano com oito aeronaves no total 

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Com a chegada das duas primeiras aeronaves, foi oficialmente apresentada a nova escola de pilotos de Évora.

“O Presidente do Município eborense teve oportunidade de felicitar os responsáveis pela Air Dream College.”

Carlos Pinto de Sá, presidente do município eborense, transmitiu votos de sucesso para o novo empreendimento, assinalando a sua importância não só como fator de desenvolvimento para a cidade mas, também, como uma nova valência para o Aeródromo de Évora, bastante significativa no contexto da reestruturação de que este equipamento tem vindo a ser alvo no sentido de o tornar mais eficiente, moderno, e adaptado às novas exigências tecnológicas. 

Air Dream College, a empresa que aposta no sucesso deste empreendimento, é uma startup portuguesa constituída por uma equipa liderada por três especialistas: Nuno Anjos, gestor responsável, e Aurélio Almeida e Ivan Duarte, ambos diretores de instrução.

Os três prometem máximo empenho na concretização do que afirmaram ser um sonho que veio a transformar-se em realidade em Évora, cidade que sublinharam estar dotada de um aeródromo com as condições técnicas e logísticas ideais para este tipo de investimento.

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!