Siga-nos

Economia

Plataforma de apoio às empresas do Alentejo Litoral arranca hoje

O Litoral Alentejano é a sub-região do país que detém o primeiro lugar em produtividade por habitante.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Mitigar ao máximo os efeitos que os empresários do Litoral Alentejano estão a sentir num momento de crise provocada pela pandemia COVID-19 apresenta-se como o principal objetivo do programa de apoio às micro, pequenas e médias empresas, que arranca hoje (dia 19 de maio).

“Um projeto dos cinco municípios que integram a CIMAL, com a colaboração da Deloitte.”

A partir de hoje regista-se a abertura da linha telefónica gratuita (800 100 235) de atendimento para o registo dos pedidos das empresas.

Trata-se de uma plataforma inovadora, criada pelos municípios de Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines, numa parceria com a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral – CIMAL e a consultora Deloitte.

“É a primeira vez que a CIMAL avança com uma iniciativa deste tipo, a fim de apoiar os nossos empresários, particularmente as PMEs”, explica Vítor Proença, presidente da CIMAL e do município de Alcácer do Sal.

“O Litoral Alentejano é a sub-região do país que detém o primeiro lugar em produtividade por habitante. A economia, particularmente as microempresas e as PMEs que foram muito afetadas. Esta iniciativa, esta plataforma colaborativa, é um forte sinal dos municípios no relançamento da economia da região”, afirma o autarca.

O programa, que pretende auxiliar as empresas na tomada de decisão e implementação de medidas de resposta durante todo o ciclo de gestão de crise, inclui um vasto conjunto de serviços especializados.

As empresas irão contar com uma equipa multidisciplinar que irá divulgar informação sobre obrigações fiscais e incentivos disponíveis, fornecer informação sobre Direito do trabalho e empresarial, propor medidas de emergência a aplicar de imediato, identificar medidas de curto-prazo que permitam operar o negócio e recomendar medidas que visem retomar a normalidade dos negócios.

Economia

Roberto Grilo formaliza candidatura à presidência da CCDRA

Economista é o actual presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Roberto Grilo formaliza candidatura à presidência da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo

“Roberto Grilo não contou com qualquer estrutura partidária para a recolha das subscrições”

Roberto Grilo, 48 anos, economista, formalizou, dentro do prazo legal definido, a sua candidatura independente à presidência da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA).

O atual presidente da CCDRA entregou mais 25% de subscrições da sua candidatura do que estipulava o regulamento eleitoral. As propostas são subscritas por autarcas de praticamente todos os partidos com eleitos no Alentejo e vários movimentos independentes.

“Decidi candidatar-me, como independente, quando percebi que posso unir o Alentejo em torno de um projeto comum, que há um grande reconhecimento pelo trabalho que desenvolvi nos últimos cincos anos e porque tenho que ser sensível ao apelo da região para que não me fosse embora nesta situação de crise em que vivemos”, considera Roberto Grilo.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

OUTRAS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Categorias

ARQUIVO

error: Content is protected !!