Últimas:
Planta comum no Alentejo eficaz contra 3 vírus respiratórios entre eles o coronavírus. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Planta comum no Alentejo eficaz contra 3 vírus respiratórios entre eles o coronavírus.

“…é capaz de impedir que o vírus reproduza cópias de si mesmo nas células durante pelo menos 48 horas”

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Uma nova propriedade antiviral de um medicamento, a tapsigargina, que é “altamente eficaz” contra o covid, foi descoberta por uma equipa internacional de investigadores, anunciou esta terça-feira a Universidade de Nottingham, no Reino Unido.

“Planta existe em abundância no Alentejo”

O estudo que levou à descoberta, publicado no boletim científico Viruses, mostra que a tapsigargina é um promissor antiviral de amplo espetro e considerado “altamente eficaz” contra o coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19, mas também contra o vírus da gripe comum, o vírus sincicial respiratório (VSR) e o vírus influenza A.

A equipa multidisciplinar de cientistas descobriu que o antiviral derivado de uma planta tóxica, a ‘Thapsia garganica’ (comum em zonas de mato no interior centro e no sul de Portugal), desencadeia uma resposta imune inata antiviral de amplo espetro centrada no hospedeiro.

O composto revelou-se eficaz contra três tipos principais de vírus respiratórios nos humanos, incluindo o novo coronavírus.

De acordo com o comunicado da universidade de Nottingham, experiências realizadas em células e em animais demonstram que a tapsigargina é um antiviral promissor, sendo eficaz contra a infeção quando usada antes ou durante uma infeção ativa.

Também é capaz de impedir que o vírus reproduza cópias de si mesmo nas células durante pelo menos 48 horas após uma única exposição de 30 minutos.

Como a substância é estável em ph ácido, como o que se encontra no estômago, pode ser tomada por via oral, evitando as injeções ou o internamento hospitalar.

Outra característica descrita pelos autores é que a tapsigargina não é sensível à resistência do vírus, sendo, “pelo menos, centenas de vezes mais eficaz do que as atuais opções antivirais”.

Saúde

Tem 35 ou mais anos pode agendar vacina na próxima segunda-feira.

Mais de 4,3 milhões de pessoas já receberam a 1ª dose da vacina.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Vacina contra a covid-19 para maiores de 35 vai abrir

“Para mais de 35 anos”

A marcação da vacina por pessoas com 35 anos ou mais, poderá ser feita, a partir de segunda-feira, na plataforma de autoagendamento da Direção-Geral da Saúde.

A abertura do autogendamento da vacina contra a covid-19 para maiores de 35 vai abrir menos de uma semana depois de, em 15 de junho, o serviço ter sido disponibilizado à população com mais de 40 anos.

Mais de 4,3 milhões de pessoas em Portugal já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19, o equivalente a 42% da população, e quase 2,6 milhões (25%) têm a vacinação completa, segundo dados avançados na terça-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!