Siga-nos

Crime

PJ Évora deteve homem por tentativa de homicídio

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial tendo-lhe sido aplicada a  medida de coação de prisão preventiva.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A Polícia Judiciária, através da Unidade Local de Investigação Criminal de Évora, identificou, localizou e procedeu à detenção de um homem, com 40 anos de idade, por sobre ele recaírem fortes indícios da prática do crime de homicídio qualificado, na forma tentada.

Os factos ocorreram na via pública, na cidade de Évora, numa altura em que a vítima, um homem, ao sair de um estabelecimento comercial, foi abordada pelo agressor, já seu conhecido e com quem tinha algumas desavenças, o qual o atingiu, com gravidade.

O presumível autor, munido de uma faca de cozinha desferiu um golpe no tórax da vítima, levando a que a mesma tivesse de receber tratamento hospitalar, não correndo, porém, perigo de vida.

Os factos indiciados, ocorreram no dia 22 de Outubro de 2019, pelas 23H20, na via pública, em Évora, tendo o arguido, revelando uma personalidade vingativa e direcionada contra a vida de terceiros, com recurso a uma faca desferiu um golpe atingindo a vítima, em relação à qual havia já formulado o propósito de a matar, na zona da hemotórax esquerdo, provocando-lhe ferimentos que só não lhe provocaram a morte, resultado que era por si pretendido, devido à intervenção de terceiros e à pronta assistência médica.

Presente, a 24 de Outubro, ao juiz de instrução criminal de Évora para interrogatório e aplicação de medidas de coação e na sequência de promoção do Ministério Público, o juiz decidiu aplicar ao arguido a medida de coação de prisão preventiva, por entender verificar-se, em concreto, perigo de continuação da atividade criminosa e perigo de perturbação do inquérito, nomeadamente, perigo para a aquisição e conservação da prova e indiciando-o pela prática de um crime de homicídio qualificado na forma tentada.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Crime

Dois detidos por furto de cerca de 130 quilos de pinhas

Os detidos serão presentes, durante o dia de hoje, ao Tribunal Judicial de Santiago do Cacém, para aplicação das medidas de coação.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: GNR

A GNR de Sines, deteve dois homens, com 19 e 46 anos, por furto de pinha de pinheiro-manso, em Sines.

No âmbito de uma ação de patrulhamento direcionada para a prevenção do furto da pinha, que se encontra no período de interdição da sua colheita, os militares abordaram dois homens numa zona de pinhal, num terreno alheio e sem consentimento do proprietário, tendo-lhes sido apreendidos 132 quilos de pinha e diversos utensílios para apanha da mesma, como luvas, sacos e varas.

A GNR relembra que a apanha da pinha de pinheiro manso, ainda que esteja caída no chão, está interdita por se encontrar em época de defeso, salvaguardando assim o crescimento e desenvolvimento da pinha e do pinhão e evitando, dessa forma, a colheita da semente com deficiente faculdade germinativa e mal amadurecida.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Dezembro 2019
S T Q Q S S D
« Nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul