Siga-nos

Crime

PJ deteve em Reguengos de Monsaraz homicida em fuga

O detido, com a idade de 23 anos, vai ser presente às competentes autoridades judiciárias, tendo em vista o seu respetivo interrogatório judicial e a eventual submissão a adequadas medidas de coação.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, localizou e deteve, ao início da manhã do dia de ontem, em Reguengos de Monsaraz, o coautor, foragido, de um homicídio ocorrido em 05/07/2019, na localidade de Vila Nova de Foz Côa.

O crime vitimou um homem de 39 anos de idade, surpreendido e atingido mortalmente, por disparo de arma de fogo, no interior da sua própria residência.

Tal detenção, que surge na sequência de outra concretizada no decurso da última semana, em Lisboa, constitui o culminar de incessantes diligências investigatórias, que determinaram a mobilização, no dia de ontem, de investigadores do Departamento Investigação Criminal da Guarda e da Unidade Local de Évora da Policia Judiciária

Para além desta segunda detenção, foi também possível localizar e apreender a viatura automóvel utilizada pelos dois homicidas, que terão cometido o crime por motivos torpes, relacionados com a dissolução de um casamento forçado, envolvendo uma menor com apenas treze anos de idade, filha da vítima mortal.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Crime

Militares da GNR de Odemira acusados de espancarem nepaleses vão a julgamento

Os 5 militares, que se terão envolvido em agressões a trabalhadores nepaleses a trabalhar na zona, vão responder por vários crimes

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: GNR de Vila Nova de Milfontes

O Ministério Público de Odemira deduziu acusação contra cinco militares da GNR a quem imputou a prática, em co-autoria material, de vários crimes.

Em causa estão dois crimes de violação de domicílio praticada por funcionário, quatro crimes de ofensa à integridade física qualificada e dois crimes de sequestro.

Um dos arguidos foi ainda acusado da prática de um crime de falsificação de documento.

As vítimas são cidadãos estrangeiros, imigrantes que se encontravam a trabalhar no concelho de Odemira. Um dos arguidos encontra-se sujeito à medida de coacção de obrigação de permanência na habitação, com vigilância electrónica.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul