Siga-nos

Crime

PJ deteve 2 homens por roubo e sequestro

Os detidos serão presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, identificou, localizou e procedeu à detenção de dois homens, com 33 e 43 anos de idade, por sobre eles recaírem fortes indícios da prática dos crimes agravados de roubo e sequestro.

Os presumíveis autores, em finais de abril do corrente ano, após cuidadosa preparação, surpreenderam, agrediram e manietaram uma mulher, com 70 anos de idade, no momento em que regressava a casa, logrando apropriar-se de elevada quantia em numerário e em joias, posto o que se colocaram em fuga para parte incerta, deixando a vítima amarrada e fechada numa dependência da residência.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Crime

Detenção por resistência e coação sobre militares da GNR

Individuo estava a tentar um furto de produtos e foi denunciado pelo proprietário da loja

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A GNR de Campo Maior, deteve um indivíduo com 35 anos, pelo crime de resistência e coação sobre funcionário, na localidade de Campo Maior.

Após o alerta do proprietário de um estabelecimento comercial daquela localidade, no qual estaria a ocorrer um furto de produtos alimentares, os militares encetaram uma perseguição apeada ao suspeito, que já estava referenciado pela prática do mesmo tipo de crime.

Após a abordagem, o suspeito ofereceu resistência à patrulha, começando por ocultar a sua identificação e opondo-se à revista pessoal, visando impedir a recuperação dos objetos furtados e assim assegurar os meios de prova, tendo sido necessário recorrer à força física, estritamente necessária, para efetuar a detenção do mesmo.

Verificando-se de seguida a existência de uma escoriação no suspeito, em consequência da queda aquando da sua detenção, foi o detido encaminhado ao centro de saúde, local onde se juntaram vários familiares e amigos do suspeito, que tentaram forçar a entrada no referido estabelecimento.

Para que fosse possível salvaguardar a segurança dos utentes e dos funcionários que se encontravam no interior do centro de saúde, houve necessidade de efetuar um disparo de advertência com arma de fogo, municiada com cartucho de borracha, levando à dispersão do aglomerado de pessoas e à reposição da tranquilidade e da ordem pública, tendo o detido sido depois sujeito ao respetivo tratamento médico.

O detido foi constituído arguido e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Elvas.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com 917278022