Siga-nos

Património

Peças de Rainer Daehnhardt continuam no Museu dos Coches contra vontade de Alter do Chão

Diretor Geral do Património Cultural esteve em Alter do Chão para abordar tema polémico que continua por resolver.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: CM de Alter do Chão

O Presidente e a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Alter do Chão, Francisco Reis e Tânia Falcão, receberam durante o dia de hoje, 28 de maio, o Diretor e a Subdiretora Geral Património Cultural, Bernardo Alabaça e Fátima Pereira, respetivamente. 

” Obras retiradas a Alter do Chão continuam sem regressar desde 2018″

As valiosas peças da autoria do colecionador e historiador luso-alemão Rainer Daehnhardt movidas da Coudelaria de Alter do Chão para o Museu Nacional dos Coches, em 2018, naquela que foi uma decisão muito contestada pelo executivo camarário, continuam sem regressar ao Alentejo.

Em março deste ano, foi tomada a decisão de as fazer regressar ao sítio de onde nunca deveriam ter saído, Alter do Chão mas até hoje não regressaram.

O objetivo é agora que esta coleção possa ser apreciada no futuro Museu do Cavalo, em Alter do Chão.

Este foi o tema central da visita do diretor geral do património cultural que esteve em Alter do Chão.

A Direção Geral do Património Cultural ficou ainda a conhecer o espólio presente na Casa do Álamo, bem como o Centro Interpretativo da Casa da Medusa, provisoriamente localizado nestas mesmas instalações.

Património

Tauromaquia quer ser Património Cultural Imaterial

Em fase de conclusão está igualmente o trabalho exaustivo de levantamento e recolha de documentação que se encontra a ser compilado e reunido numa ampla Plataforma.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Encontra-se em fase de conclusão o projeto «Tauromaquia Património Cultural de Portugal» que resulta de uma candidatura vencedora ao Orçamento Participativo da Cultura de 2017.

“O trabalho é acompanhado e desenvolvido em estreita colaboração com a Direção-Geral do Património Cultural, entidade definidora e reguladora das políticas públicas para o Património Cultural em Portugal.”

O projeto, que tem como grande objetivo a Candidatura da Tauromaquia a Património Cultural Imaterial, é liderado pelo Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) através do Centro de Investigação e Estudos e Sociologia (CIES-IUL), o qual desenvolve projetos de investigação fundamental e aplicada nas áreas das ciências sociais e humanas.

Em fase de conclusão está igualmente o trabalho exaustivo de levantamento e recolha de documentação que se encontra a ser compilado e reunido numa ampla Plataforma que congrega um vastíssimo conjunto de materiais de diversa natureza e que abrangem todo o universo da cultura tauromáquica.

A coordenação do projeto vem efetuar um último apelo a todos os aficionados e intervenientes do espetáculo tauromáquico que sejam detentores de materiais que representem todas as áreas ou dimensões da tauromaquia nacional e que os desejem divulgar que os façam chegar através do seguinte endereço de email: candidatura@tauromaquiapatrimonio.pt.

Entre estes materiais está a possibilidade de envio de fotografias, vídeos, cartazes e todo o tipo de documentação (atual e antiga) que considerem válida para constar de um imenso espólio nacional sobre Tauromaquia em Portugal, ou de Portugal espalhada pela geografia taurina.

O interesse desta plataforma é caracterizar a cultura tauromáquica e, como tal, uma forma de demonstrar que esta é uma cultura que, inequivocamente, é património cultural de Portugal.

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!