Siga-nos

Política

PCP responsabiliza Governo por problemas graves na Escola Secundária André de Gouveia

O Grupo Parlamentar do PCP pediu responsabilidades ao Governo por esta situação uma vez que ela é consequência do atraso nas obras de requalificação da escola.

Avatar

Publicado

em

O Grupo Parlamentar do PCP questionou hoje o Governo sobre os problemas graves ocorridos na Escola Secundária André de Gouveia, em Évora, na sequência do entupimento de canalizações por falta de requalificação daquela escola.

Aqueles problemas foram relatados pela Direcção do Agrupamento de Escolas André de Gouveia, que refere entupimentos nas canalizações internas do Bloco E da Escola, bem como na rede externa adjacente a este bloco, os quais obrigaram ao seu encerramento, motivando que múltiplas aulas tivessem de ser transferidas para outros blocos ou outros espaços educativos.

A Direcção do Agrupamento refere ainda que a intervenção da Câmara Municipal de Évora já foi efectuada mas devido ao problema existente terá de continuar durante o dia de amanhã, pelo que aquele Bloco de aulas irá ficar encerrado até o problema estar resolvido com prejuízo directo para os alunos, principalmente para os alunos do Curso Profissional de Artes do Espectáculo – Interpretação, do Curso Profissional de Técnico da Juventude e dos Cursos Profissionais de Desporto.

Relembrando que a degradação da Escola Secundária André de Gouveia resulta do facto de não ter beneficiado de obras estruturais de requalificação desde a sua construção, o Grupo Parlamentar do PCP entende que não há desculpa que possa justificar o atraso na sua realização por parte do Governo.

Sobretudo considerando a disponibilidade de verbas para investimento no orçamento do Ministério da Educação ao longo dos últimos quatro anos, ao contrário do que sucedeu em legislaturas anteriores.

Assim o PCP questionou o Governo sobre a apreciação que faz da situação hoje ocorrida na Escola Secundária André de Gouveia e das suas consequências para toda a comunidade escolar; como avalia o Governo as suas responsabilidades nos problemas verificados e que consequências vai daí retirar; qual o ponto de situação do processo relativo à requalificação daquela escola; e que medidas vai o Governo adoptar para resolver com carácter de urgência os problemas existentes.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Política

Centros de saúde móveis a pensar no interior

Socialistas querem levar assistência médica a locais do interior

TDS noticias

Publicado

em

A ideia já não é nova mas volta a ser uma proposta desta vez por parte do PS.

O partido socialista tem no seu programa eleitoral a criação de centros de saúde móveis.

O objetivo é servir populações das zonas do interior afastadas da assistência médica.

Uma medida que a concretizar se levaria médicos a aldeias e lugares que pá sua reduzida população deixaram de ter extensão de centro de saúde.

Os mais idosos seriam os mais beneficiados com a medida.

A medida consta no programa eleitoral socialista, que é este sábado apresentado, e prevê a disponibilização de carrinhas com serviços como a medição de tensão arterial ou o controlo de diabetes e a realização de algumas análises.

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento