Últimas:
PCP questiona governo sobre vacinação de José Calixto. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Política

PCP questiona governo sobre vacinação de José Calixto.

“Esta situação gera compreensivelmente revolta e indignação”, refere o partido.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

PCP questiona Governo sobre abuso de prioridade na vacinação pelo Presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz, José Calixto

“Vacinação polémica de José Calixto”

O PCP pediu explicações ao Governo sobre a situação, do que diz ser ‘abuso de prioridade na vacinação pelo Presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz, José Calixto’.

“Apesar de os critérios definidos para os lares identificarem apenas como prioritários os “profissionais e residentes de lares e instituições similares”, o Presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz, José Calixto, ter-se-á feito vacinar como se integrasse um dos grupos prioritários para a vacinação – aproveitando abusivamente a circunstância de ser presidente da Fundação proprietária do lar de idosos onde ocorreu uma situação de trágica de infeção por Covid-19 que ceifou a vida a 18 idosos no passado mês de agosto de 2020”, começa por referir o comunicado do PCP.

O PCP sublinha que esta situação gera ‘compreensivelmente revolta e indignação porque não é possível vacinar de forma imediata todas as pessoas, porque houve necessidade de definir prioridades para a vacinação em diferentes fases e há regras claras e bem definidas sobre quem são e em que ordem devem ser vacinadas as pessoas que integram os diversos grupos prioritários.’

O PCP questionou os Ministérios da Saúde e da Segurança Social para que sejam prestados esclarecimentos sobre a ‘situação de abuso’ que envolveu José Calixto mas também sobre os mecanismos de controlo destinados a fazer cumprir as regras definidas para os grupos prioritários de forma a evitar que situações como esta se repitam.

Em perguntas escritas dirigidas àqueles dois ministérios, o PCP pergunta ‘como foi possível aquele abuso face aos critérios que estão definidos para a vacinação de grupos considerados prioritários, quem fez a indicação do Presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz como fazendo parte desse grupo prioritário, se houve alguém que tenha verificado a conformidade dessa indicação e de que forma foi feita essa verificação.’

O PCP questionou ainda o Governo sobre que procedimentos estão definidos para garantir a veracidade dessas indicações e evitar situações de abuso ou fraude, quais as entidades responsáveis pela realização desses procedimentos e em que condições o fazem.

Continuar a ler
Publicidade

Agricultura

Investigadores demonstram mau uso da água e destruição do território em Alqueva.

Comissão de Agricultura e Mar ouviu relatos.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Audição a investigadores

“Investigadores da Universidade de Évora falam em mau uso da água de Alqueva”

A Comissão de Agricultura e Mar, ouviu vários investigadores do Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, o Ambiente e o Desenvolvimento, entre eles alguns que leccionam na Universidade de Évora.

A exposição foi pedida pelos próprios investigadores, tendo sido acompanhada de um parecer técnico a respeito da política pública para o regadio e do Plano Nacional de Investimentos 2030.

Muitas organizações ambientalistas têm vindo a manifestar-se contra a atual gestão das águas do Alqueva e contra a destruição de recursos naturais que os modelos de produção agrícola intensivos e superintensivos têm vindo a gerar ao longo dos anos.

Mais recentemente, têm sido crescentes os protestos e os alertas lançados por muitos especialistas e académicos que vão no mesmo sentido, como foi o caso de um comunicado emitido em Julho de 2020 e publicado no Jornal Expresso, onde anunciavam que a coesão territorial do Alentejo estaria em risco.

Oiça a opinião dos investigadores.

Continuar a ler

x
error: Content is protected !!