Siga-nos

Saúde

PCP faz cordão humano para exigir início das obras do Novo Hospital do Alentejo

A iniciativa pretende alertar a opinião pública que é ‘preciso continuar a luta pela construção do novo Hospital’

Avatar

Publicado

em

Vai realizar-se no dia 12 de Março, às 18h00, um Cordão Humano pela Construção do Hospital Central Público do Alentejo, frente ao Hospital do Patrocínio.

Segundo refere o PCP em comunicado ‘face aos perigos de uma derrapagem em todo o processo, a realização desta acção tem como objectivo, afirmar que a população está atenta e não desiste de exigir que a obra se inicie nesta legislatura’.

Este Cordão Humano realiza-se depois de, no dia 01 de Março, uma delegação do PCP ter entregado ao Presidente da Assembleia da República a Petição Pública- EM DEFESA DA CONSTRUÇÃO DO NOVO HOSPITAL CENTRAL PÚBLICO DO ALENTEJO- a qual reuniu mais de 4000 assinaturas.

Isto após a audição que a Comissão de Saúde na Assembleia da República ter chamado à Comissão o Grupo de Trabalho, nomeado para o desenvolvimento das condições para a obra avançar, grupo que é presidido pelo Presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) Alentejo, José Robalo, e se terem verificado grandes atrasos os quais foram motivo de uma nota do PCP.

Saúde

O Alentejo tem 7 enfermeiros para 1000 utentes.

A Secção Regional Sul da Ordem dos Enfermeiros quer conhecer as condições em que trabalham todos os Enfermeiros nomeadamente os seus constrangimentos ao nível dos recursos humanos e materiais.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A Secção Regional Sul (SRSul) da Ordem dos Enfermeiros quer conhecer as condições em que trabalham todos os Enfermeiros do distrito de Évora, nomeadamente os seus constrangimentos ao nível dos recursos humanos e materiais.

Neste sentido, entre 2 e 4 de Dezembro, uma equipa de dirigentes e peritos, presidida pelo Enfermeiro Sérgio Branco, vai visitar a maior parte das unidades de saúde da região, incluindo hospitais, num gesto de proximidade e de apoio para com todos os Enfermeiros que ali vivem a sua profissão ao serviço das populações.

“A iniciativa denominada Enfermagem@Sul iniciou-se no Verão deste ano e já percorreu toda a região do Algarve, Portalegre e Santarém. Segue-se se agora o distrito de Évora.”

A equipa da SRSul é constituída por elementos da direção e por peritos em várias áreas da enfermagem. A presença de especialistas nas equipas é fundamental para uma análise mais científica e uma melhor avaliação das condições e qualidade de trabalho em que os Enfermeiros exercem a profissão.

Os elementos que integram a missão são divididos em vários grupos destacados em simultâneo para lugares distintos. Para além de ver, escuta-se também os que dizem os Enfermeiros.

Nessa escuta, há um espaço de liberdade para os profissionais destacarem o que consideram relevante. Esta experiência foi importante nas regiões já visitadas. Percebeu-se que os profissionais têm por vezes receio em falar abertamente sobre o que se se passa nos seus serviços.

O distrito de Évora conta 1140 enfermeiros para uma população de 168 mil habitantes distribuída por 14 municípios.

Em média, a região conta sete Enfermeiros por mil habitantes, média abaixo da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) que ronda os 9,3/1000 habitantes. Nesta média de Évora incluem-se as unidades de saúde privadas e os profissionais não afectos à prestação de cuidados, pelo que a média no SNS desce para os cinco Enfermeiros por mil habitantes. A nível de rácio, a Enfermagem em Portugal permanece na cauda da Europa. Os médicos, pelo contrário, tem dos mais elevados por mil habitantes, com cerca de cinco clínicos por cada mil pessoas, quando a média da OCDE é de 3,4.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Dezembro 2019
S T Q Q S S D
« Nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul