Siga-nos

Património

Orquestras Barroca e Sinfónica Casa da Música atuam em Évora

‘Orquestras no Património’ visam realçar os maiores centro históricos do país

TDS noticias

Publicado

em

Dia 5 de Setembro, a “Orquestra no Património” apresenta as orquestras Barroca e Sinfónica Casa da Música em Évora uma das cidades com grande valor histórico e patrimonial.

Contribuir para a valorização desses centros históricos e fomentar o gosto pela música mais erudita, derrubando barreiras e conquistando novos públicos, são os objectivos da “Orquestra no Património”., uma co-produção Casa da Música, Fundação “la Caixa” e BPI, que conta com o apoio das diferentes autarquias.

O concerto realiza-se na Praça do Giraldo, às 22h00, e é de acesso gratuito.

ORQUESTRA BARROCA CASA DA MÚSICA

Dmitry Sinkovsky violino, contratenor e direcção musical

Programa

Jean-Féry Rebel Sinfonia “Les éléments”

Georg Friedrich Händel “Qual nave” de Radamisto; “Furibondo spira il vento” de Partenope; Suite em Fá maior de Música Aquática, HWV 348

Antonio Vivaldi Concerto para violino, dois oboés, duas trompas, tímpanos e cordas, RV 562a

A Orquestra Barroca Casa da Música apresenta-se com Dmitry Sinkovsky, aclamado maestro, violinista e contratenor A noite começa com uma sinfonia de dança de Rebel, compositor do Barroco francês que foi figura proeminente das cortes de Luís XIV e Luís XV. O ambiente festivo está presente na Música Aquática de Händel, escrita para acompanhar o séquito real britânico em excursão pelo Rio Tamisa. Depois de França e Inglaterra, esta viagem musical termina em Itália com melodias contagiantes de Vivaldi, numa obra que dá protagonismo a vários instrumentos de sopro e aos tímpanos.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Património

Salão Central Eborense vai entrar em obra. Ano e meio para recuperar um dos espaços mais emblemáticos da cidade.

Início das obras só se regista após o parecer favorável do Tribunal de Contas. O investimento é superior a 2 milhões de euros.

TDS noticias

Publicado

em

Obra do Salão Central adjudicada

Início das obras só depois do parecer do Tribunal de Contas

A Câmara Municipal de Évora adjudicou a empreitada da obra de Reabilitação do Salão Central Eborense ficando agora a aguardar o respetivo visto do Tribunal de Contas para que a intervenção tenha início.

O ato de assinatura do Contrato de Empreitada, foi outorgado pelo presidente da Câmara Municipal, Carlos Pinto de Sá e o administrador da empresa Teixeira, Pinto e Soares, S. A., Pedro Miguel Soares.

A Reabilitação do Salão Central Eborense,  que integra o Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, significa um investimento da Câmara Municipal de Évora superior a dois milhões de euros. Tem como prazo de execução 540 dias a contar da data da sua consignação.

Situado bem no “coração” da cidade, o centenário Salão Central Eborense, que se encontra degradado e fechado desde o final dos anos 80 do século XX, foi adquirido pelo município em 1996.

A intervenção iniciou-se em 2015 com uma operação de limpeza e com os trabalhos arqueológicos necessários a cargo de uma equipa do município, em colaboração com a Universidade de Évora.

A reabilitação do imóvel, integrada na estratégia de reabilitação urbana do Centro Histórico, vai devolver à Cidade um equipamento cultural icónico num momento de afirmação da candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura 2027.

 

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Setembro 2019
S T Q Q S S D
« Ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul - Web Development by IDEIAS FRESCAS https://ideiasfrescas.com