Últimas:
Ofertas feitas por fiéis roubadas de Viana do Alentejo. PJ investiga. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Religião

Ofertas feitas por fiéis roubadas de Viana do Alentejo. PJ investiga.

A própria Arquidiocese participou o caso às autoridades.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Párocos de Viana do Alentejo referem desaparecimento de ofertas feitas pelos fiéis que peregrinam ao Santuário de Nossa Senhora d’Aires.

“Roubo no Santuario de Viana do Alentejo”

O Arcebispo de Évora, Senra Coelho, manifestou a sua “profunda tristeza e mágoa” após ter conhecimento  do “desaparecimento de um conjunto de ofertas feitas pelos fiéis que peregrinam ao Santuário de Nossa Senhora d’Aires.”

Muitas destas ofertas estão descritas no inventário oficial da Arquidiocese. 

“No dia 26 de Junho de 2020 fiz participação à Polícia Judiciária a quem manifestei a nossa total colaboração para o apuramento de toda a verdade”, adianta o Arcebispo.

A Arquidiocese está na fase final das obras de restauro do Santuário. A sua reabertura deverá acontecer logo após as condições relacionadas com a Pandemia o permitam.

A Arquidiocese, está ainda, a tomar as medidas necessárias para o reforço na proteção e salvaguarda do seu património.

Religião

Câmara de Setúbal apresenta “Caminhos de Santiago da Península de Setúbal”

Apresentação será dia 25 de julho

Ana Catarina Ventura

Publicado

em

Imagem: Diocese Palmela

Percurso tem 88km.

“Caminho abrange oito municípios”

Os Caminhos de Santiago da Península de Setúbal, projeto destinado à promoção e valorização dos percursos e trilhos que conduzem os peregrinos até Compostela, será apresentado a 25 de julho, em Palmela. A data da apresentação, realizada conjuntamente com a Câmara Municipal de Palmela, corresponde ao Dia de Santiago e tem lugar no Castelo de Palmela.

Setúbal, Alcácer do Sal, Barreiro, Palmela, Montemor-o-Novo e Vendas Novas são os municípios que compõem o trajeto correspondente à Península de Setúbal do Caminho Português até Santiago de Compostela

O percurso, que tem uma extensão total de 88 quilómetros, com início em Alcácer do Sal e término no Barreiro – onde é possível realizar a travessia para Lisboa -, vai passar a ter uma imagem e comunicação em comum e a disponibilizar mais informação e conforto a quem o percorre.

Em Setúbal, o caminho prolonga-se por mais de 30 quilómetros, incluindo passagens por locais históricos, como o centro da cidade, mas também, pela periferia e zonas rurais do concelho.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!