Últimas:
Oferta de equipamento de Raio X móvel ao Hospital do Litoral Alentejano – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Oferta de equipamento de Raio X móvel ao Hospital do Litoral Alentejano

O equipamento, no valor de 72 mil euros, é fundamental para dotar a Unidade de Cuidados Intensivos do HLA

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Um conjunto de empresas diretamente ligadas ao complexo industrial, logístico e portuário de Sines uniram-se e adquiriram um equipamento de Raio X móvel para o Hospital do Litoral Alentejano (HLA).

“… equipamento de Raio X móvel para o Hospital do Litoral Alentejano.”

O presidente da Câmara Municipal de Sines, Nuno Mascarenhas, congratulou-se pela adesão das empresas locais a esta iniciativa de qualificação do sistema de saúde regional.

Nuno Mascarenhas sublinhou que “as empresas, sobretudo as de maiores dimensões, são essenciais para enfrentar a crise sanitária e económica provocada pela pandemia de Covid-19. Com este equipamento, o HLA fica mais bem apetrechado para avaliar e tratar esta e muitas outras doenças.

É um exemplo de união de esforços em prol do bem comum. Estamos certos de que as demonstrações de responsabilidade social das empresas de Sines não ficarão por aqui.”

Este equipamento, no valor de 72 mil euros, é fundamental para dotar a Unidade de Cuidados Intensivos do HLA de uma ferramenta essencial no diagnóstico e tratamento da população da região, incluindo nos procedimentos vigentes relativos ao combate à COVID-19.

Com este gesto, as empresas pretenderam, igualmente, demonstrar o seu agradecimento pelo empenho, trabalho e generosidade incansáveis de todos os profissionais de saúde neste momento difícil, nomeadamente de quantos trabalham no HLA e na região de Sines.

Saúde

Covid-19: Alandroal o concelho do país com ‘piores’ números.

Surto nas obras da ferrovia complicam as contas.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Maior incidência do vírus a 14 dias

” Obras na ferrovia na origem de surto em Alandroal “

Alandroal, é o concelho do país que suscita maior preocupação.

Regista uma maior incidência do vírus a 14 dias.

No período de 24 de março a 6 de abril, o município apresenta uma incidência de 581 casos por 100 mil habitantes, de acordo com os dados do último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) .

É um dos dois concelhos em risco muito elevado, registando um aumento significativo de novos casos de infeção pelo novo coronavírus.

Na atualização anterior, a 5 de abril, Alandroal apresentava uma incidência de 200 casos por 100 mil habitantes a 14 dias.

Em risco elevado, com uma incidência entre 240 e 479,9 casos por 100 mil habitantes, estão os concelhos de Barrancos, Odemira e Moura, na região Alentejo.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!