Últimas:
Odemira entrega Prémios Espírito Empreendedor – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Autarquias

Odemira entrega Prémios Espírito Empreendedor

1.º lugar recebeu o prémio no valor de 2000,00 €

Publicado

em

Prémios Espírito Empreendedor 2022

A FACECO – Feira das Atividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira foi palco para a entrega dos Prémios Espírito Empreendedor 2022, que se insere no âmbito do Programa “Odemira Empreende – Programa Municipal de Empreendedorismo e Emprego”, numa cerimónia que decorreu no dia 23 de julho.

O Programa “Odemira Empreende” tem como principal objetivo a promoção do desenvolvimento económico e da coesão territorial, através de várias medidas e ações para dinamizar e impulsionar o tecido empresarial, com vista à captação de novos investimentos, criação de emprego e qualificação do tecido empresarial.

A 6ª edição do Prémio Espírito Empreendedor contou com um total de 9 candidaturas, sendo os grandes vencedores na categoria de Novas Iniciativas Empresariais a Carpintaria “The Carpentry Club” (que cria artesanato de luxo utilizando como matéria-prima madeiras provenientes dos concelhos de Odemira e Monchique), que ficou em 1.º lugar e recebeu o prémio no valor de 2000,00 €, a mercearia “O Cantinho da Xana” (em Odemira, que prioriza os produtos de fornecedores locais e a venda a granel), que recebeu o 2.º lugar e o prémio no valor de 1000,00 €, e o alojamento local “Breathe In Guest House” (em Zambujeira do Mar, com um posicionamento ecologicamente responsável), que conquistou o 3.º lugar recebeu o prémio no valor de 500,00 €.

Na categoria de Ideias Empreendedoras e Criativas foram premiadas duas ideias: a 1ª classificada foi a ideia “Humiverso” (para criar estações de transformação de resíduos orgânicos em corretivos orgânicos, acompanhado de consultoria), de Pedro Santos e Rafael Crisóstomo, que recebeu  1.200,00€, e a 2ª classificada foi a ideia “SW Portugal On Bike” (que pretende disponibilizar bicicletas elétricas na zona litoral), de João Alfeirão, que recebeu o valor de 800,00€.

Além dos apoios financeiros, o programa Odemira Empreende engloba a Oficina do Empreendedor (que inclui o Gabinete de Apoio ao Empreendedor, Ninho de Empresas e Atendimento Temático), a redução de taxas municipais, apoio à fixação de empresas, incentivos fiscais e a implementação do Prémio Espírito Empreendedor.

Autarquias

Reguengos de Monsaraz promove campanha para redução de água.

A primeira fase da campanha “5 Dicas para Reduzir a sua Fatura de Água” iniciou-se no mês passado e termina no final de agosto e está a ser desenvolvida através das redes sociais com cinco propostas para reduzir os consumos de água na casa de banho, na cozinha, nos espaços exteriores e na agricultura.

Publicado

em

Reguengos de Monsaraz

implementa ações para reduzir consumos de água nos serviços municipais

O Município de Reguengos de Monsaraz está a desenvolver uma campanha de promoção ambiental focada na poupança da água. Devido à seca meteorológica extrema nesta região, a autarquia vai também implementar ações e trabalhos de mitigação e redução dos consumos de água nos serviços municipais.

A primeira fase da campanha “5 Dicas para Reduzir a sua Fatura de Água” iniciou-se no mês passado e termina no final de agosto e está a ser desenvolvida através das redes sociais com cinco propostas para reduzir os consumos de água na casa de banho, na cozinha, nos espaços exteriores e na agricultura.

A segunda fase incidiu na divulgação na ExpoReg e na produção de um folheto que vai ser distribuído à população juntamente com a fatura da água.

A campanha terminará com workshops de 20 minutos para os alunos nas escolas básicas do primeiro ciclo do concelho durante as três primeiras semanas de aulas, em conjunto com o Agrupamento de Escolas de Reguengos de Monsaraz.

No âmbito das ações de redução dos consumos de água nos serviços municipais, a autarquia vai colocar equipamentos de elevada eficiência hídrica nos edifícios municipais para reduzir os consumos em 50 por cento, estando nesta primeira fase a efetuar o levantamento das necessidades de equipamentos nos Paços do Concelho e no pavilhão gimnodesportivo.

Devido à seca meteorológica extrema, a rega dos espaços verdes do concelho está a ser realizada desde o início desta semana exclusivamente para assegurar a sobrevivência das espécies, ficando a vegetação menos viçosa, mas sem colocar em causa a sua preservação.

O Município de Reguengos de Monsaraz está ainda a desenvolver em conjunto com a Águas do Vale do Tejo os processos junto da Agência Portuguesa do Ambiente para os pedidos de reutilização de água residual tratada da Estação de Tratamento de Águas Residuais para a limpeza e desobstrução da rede de saneamento de esgotos e para a lavagem de viaturas.

A autarquia pretende igualmente reduzir em mais de 50 por cento os consumos de água nas piscinas municipais exteriores, através da utilização dos sistemas de tratamento e filtração das piscinas, mas também nos lava-pés com trabalhos de manutenção e redução de abertura das válvulas que vão permitir poupar mais de 70 por cento da água que atualmente se gasta.

Com esta ação, a autarquia prevê economizar mais de sete milhões de litros de água por ano nas piscinas municipais exteriores e de 300 milhões de litros de água nos lava-pés em cada época balnear.

Continuar a ler

Autarquias

Évora: Desassoreamento da Ribeira de Torregela 

Aproveitando o verão, período em que a ribeira mantém o leito seco, os serviços municipais têm vindo a proceder à limpeza de vegetação obstrutiva e desassoreamento.

Publicado

em

No âmbito do Projeto “Life Água da Prata”

Desassoreamento da Ribeira de Torregela

A Câmara Municipal de Évora tem estado a realizar trabalhos de desassoreamento da Ribeira da Torregela.

Aproveitando o verão, período em que a ribeira mantém o leito seco, os serviços municipais têm vindo a proceder à limpeza de vegetação obstrutiva e desassoreamento.

Estes trabalhos estão a ser desenvolvidos no âmbito do projeto “Life – Água da Prata” (*) que para além da valorização desta linha de água enquanto elemento relevante na Estrutura Ecológica Municipal, visa a construção, já em curso, de uma rede de distribuição de água que, a partir do Aqueduto, está a ser canalizada para utilização na rega de espaços verdes, permitindo este processo poupar cerca de 140.000 m3/ano de água tratada.

Dado o seu potencial de promoção da conectividade entre vários bairros da cidade (Malagueira, Torregela, Moinho, Casinha, etc) e diversos espaços verdes urbanos, a proteção e valorização da Ribeira da Torregela tem merecido particular atenção, tanto do Município como de associações e grupos de cidadãos.

Neste sentido, e ainda no âmbito do referido projeto “Life Água da Prata”, têm vindo a ser desenvolvidos outros trabalhos de requalificação que para além do curso de água, incluem toda a zona verde envolvente. Esta tem sido alvo de uma profunda requalificação biofísica e paisagística na zona referenciada, entre o Bairro da Torregela e a Urbanização do Moinho: plantação de árvores nos relvados adjacentes, instalação de açudes de pedra posta, plantação de arbustos nas margens, respetiva estabilização com paliçadas de estacas de salgueiro, identificação e eliminação de esgotos clandestinos e requalificação das passagens.

Todas estas intervenções estão a ser realizadas em articulação com a Associação de Moradores e Cidadãos Malagueira Viva e Vivida, que viu aprovado o projeto “Ribeira da Torregela Viva e Vivida”, no âmbito do Programa “Bairros Saudáveis”. Na sequência, esta associação mantém a criação de uma “rede de custódia” cidadã para a Ribeira, apostando no desenvolvimento de atividades de sensibilização ambiental com formulação de propostas e acompanhamento de futuras ações de valorização.

Continuar a ler

Autarquias

Instalações do notário de Arraiolos obrigam autarquia a pedir reunião

Instituto dos Registos e Notariado e Câmara Municipal de Arraiolos reuniram.

Publicado

em

Sílvia Pinto, Presidente da Câmara Municipal de Arraiolos reuniu com Filomena Rosa Presidente do IRN

Por solicitação da Câmara Municipal de Arraiolos, realizou-se uma reunião entre a presidente do IRN-Instituto dos Registos e Notariado Filomena Rosa e a presidente da Câmara Municipal de Arraiolos Sílvia Pinto.

Este encontro teve como principal objetivo analisar a situação dos serviços de notariado em Arraiolos, de forma a encontrar uma solução que permita prestar um melhor serviço, acolher os utentes em melhores condições, sobretudo pelas caraterísticas do atual edifício.

O estado de difícil acessibilidade nas atuais instalações carece de resposta, pelo que foram avaliadas alternativas que permitam resolver a situação existente.

Este encontro integrou uma visita às atuais instalações dos serviço de notariado com a participação da Dra. Fátima Lopes, Conservadora do Registo Notarial de Arraiolos.

 

Continuar a ler

ÚLTIMAS

Facebook

x
error: O conteúdo está protegido!!