Últimas:
Odemira dá passo atrás. Saiba como vai ficar. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

Odemira dá passo atrás. Saiba como vai ficar.

Odemira é o único concelho no Alentejo com restrições.

Foto: TDS (direitos reservados)
Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A ministra do Estado e da Presidência anunciou esta quinta-feira que o concelho de Odemira recua e volta a ter de aplicar as medidas decretadas no dia 19 de abril.

” População lamenta situação “

No final da reunião do Conselho de Ministros, que decorreu no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, a ministra Mariana Vieira da Silva afirmou que, finda a cerca sanitária, “deixava de fazer sentido que existissem regras específicas para o concelho” de Odemira.

Nesse sentido, o Governo “deu um passo na semana anterior na freguesia de São Teotónio, que estava com dados antigos”. Uma medida não replicada esta semana, já que o concelho se encontra todo na mesma situação.

Ocorre, porém, que já há uma semana o concelho tinha mais de 240 casos por cem mil habitantes, algo que se repete no concelho e força o mesmo a recuar”, sublinhou a ministra, destacando que Odemira já teve cerca de mil casos por cem mil habitantes e que a “situação é significativamente melhor do que há um mês”.

Relativamente à providência cautelar da Junta de Freguesia de São Teotónio contra as medidas restritivas e cujo Supremo Tribunal Administrativo admitiu, Mariana Vieira da Silva afirma que a situação “está ultrapassada”.

No entanto, argumenta, “o objectivo do Governo foi focar no local onde havia problemas significativos e atuar de maneira diferenciada, não foi nenhuma distinção negativa”.” A lógica destas medidas de saúde pública de precisão nos locais onde o número de casos é maior tem a vantagem de poder permitir que o resto do país possa avançar mais rapidamente”.

As novas medidas em Odemira

(após publicação em DR)

Permite-se a abertura de:

Todas as lojas e centros comerciais;

Restaurantes, cafés e pastelarias (com o máximo 4 pessoas por mesa no interior ou 6 por mesa em esplanadas), até às 22h30 nos dias de semana ou 13h nos fins-de-semana e feriados;

Cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos;

Lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação.

Autoriza-se a prática de:

Modalidades desportivas de médio risco;

Atividade física ao ar livre até 6 pessoas;

Realização de eventos exteriores com diminuição de lotação (5 pessoas por 100 m ²);

Casamentos e batizados com 25% de lotação.

Sociedade

O sul sem alerta meteorológico

A sul apenas descida da temperatura

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Alentejo sem ‘avisos’

“Mau tempo só no norte e centro”

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Coimbra, Leiria, Castelo Branco, Santarém e Lisboa estão sob aviso amarelo entre as 12h00 as 18h00 de hoje.

O aviso amarelo é emitido pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje no continente céu muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, que poderão ser por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada.

A previsão aponta ainda para vento fraco a moderado do quadrante oeste, soprando por vezes forte no litoral oeste durante a tarde, e nas terras altas da região Sul, e pequena descida de temperatura, em especial da mínima.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 9 graus Celsius (na Guarda) e os 16 (em Faro e Aveiro) e as máximas entre os 15 (na Guarda) e os 24 (em Santarém).

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!