Últimas:
O que vai abrir e quando abre. Veja mapa para não ter dúvidas. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Agenda

O que vai abrir e quando abre. Veja mapa para não ter dúvidas.

São 3 fases com reaberturas programadas. Se algo correr mal tudo volta atrás.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O plano de reabertura faseada vai ser feito em três fases: 4 de maio, 18 de maio e 1 de junho. Cada fase será precedida de uma reunião com partidos e parceiros para avaliar as medidas em curso e outras a implementar.

“Em cada fase vai ser também preciso decidir se as medidas implementadas continuam, se devem ser adaptadas ou se é preciso voltar atrás. “

Conheça as principais medidas:

1ªFase – 4 de maio

  • Espaços até 200 m2 ;
  • Pequeno comércio, preferencialmente com porta virada para a rua;
  • Cabeleireiros, barbeiros, stands de automóveis, conservatórias, serviços de atendimento ao público não concentrados;
  • Livrarias, bibliotecas e arquivos;
  • Autocarros com cabine no motorista de forma a isolá-los;
  • Reforço de autocarros na linha de Sintra;
  • Atividades desportivas individuais por exemplo o ténis e o golfe.

2ªfase – 18 de maio

  • Espaços até 400 m2 ;
  • Restaurantes, museus, cafés, esplanadas e similares;
  • Palácios;
  • Creches (numa primeira fase, os pais podem ainda optar por continuar de apoio à família); 
  • Escolas (aulas presenciais para 11.º e 12.º anos);
  • Autarquias podem decidir pontualmente pela abertura de outros estabelecimentos. Por exemplo, se um espaço tiver mais de 400 m2 mas não concentrar muita gente, a autarquia pode mandar abrir.

3ª fase – 1 de junho

  • Espaços com mais de 400 m2 ;
  • Creches, pré-escola e ATL;
  • Lojas;
  • Lojas do Cidadão;
  • Centros comerciais;
  • Cinemas e teatros com lotação restringida;
  • Reinício das provas desportivas em recinto aberto mas sem público;
  • Desportos coletivos.

Agenda

Primeira corrida da temporada na Arena de Évora marcada para 16 de maio.

16 maio, 26 de junho e 24 de julhos as primeiras datas na praça de Évora.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Duarte Pinto, cavaleiro que ‘explodiu’ há quatro anos com triunfos memoráveis em Santarém e Lisboa, mas também noutras praças, alcançando o patamar das primeiras figuras e tornando-se num dos casos mais sérios da nova vaga de cavaleiros tauromáquicos nacionais, é o quinto nome confirmado para integrar um dos primeiros três cartéis da temporada na Arena D’Évora.

” Primeira corrida a 16 de maio”

Duarte Pinto tomou a alternativa em 2009 na Catedral do Campo Pequeno numa noite para a História em que foi apadrinhado por seu pai, Emídio Pinto e teve a testemunhar o seu doutoramento, para além dos cavaleiros que integravam o cartel, três das maiores figuras do nosso toureio a cavalo, que participaram exclusivamente nas cortesias para estar a seu lado: os Mestres Luis Miguel da Veiga, Frederico Cunha e José João Zoio.

Curiosamente e apesar de já ter actuado na Arena D’Évora enquanto cavaleiro praticante (precisamente na corrida de reinauguração da praça, em Junho de 2007), este ano será a primeira vez que Duarte Pinto vai tourear na emblemática praça da Cidade-Museu como cavaleiro profissional.

Como é sabido, a empresa inovou este ano com o processo de sorteio já levado a cabo em Madrid pelo produtor Simón Casas. Contratou nove cavaleiros, de que já são conhecidos cinco – além de Duarte Pinto, o MaestroMoura, Luis Rouxinol, João Moura Jr. e João Ribeiro Telles – e depois vai sorteá-los para os cartéis das três primeiras corridas, que serão compostos cada um por três nomes.

16 de Maio (Concurso de Ganadarias), 26 de Junho (São Pedro) e 24 de Julho são as primeiras datas da temporada eborense, para as quais são já conhecidas as ganadarias, faltando ainda divulgar os grupos de forcados (dois no Concurso, um no S. Pedro e dois em Julho).

A empresa anunciou que em breve serão postos à venda online os bilhetes para os três primeiros espectáculos.

Texto: Farpas Blogue

Continuar a ler

x
error: Content is protected !!