Siga-nos

Economia

O caos instalou-se nos postos de abastecimento e a lei já não está a ser cumprida. (foto tds)

Foto exclusiva da TDS mostra ilegalidade no transporte de combustíveis.

TDS noticias

Publicado

em

A lei é clara mas não está a ser cumprida e ainda a greve está a 3 dias de eventualmente se realizar.

Só é permitido o transporte de 10 l de combustível fora do depósito da viatura.

Na foto da TDS é visível uma quantidade muito acima do permitido por lei para transportar combustível.

… considera-se forma de transporte atípica o transporte de combustível que não se encontre no reservatório de um veículo, ou num recipiente de reserva apropriado, até ao limite de 10 l, bem como o transporte de produtos líquidos para aquecimento que não seja efectuado em camiões-cisterna utilizados por operadores profissionais

A lei define que cada condutor pode transportar, para uso pessoal, até 10 litros de combustível de Espanha para Portugal.

No entanto, há quem arrisque e nesse caso está sujeito a uma multa que pode chegar aos 2500 euros, no caso de uma pessoal singular ou 4500 euros caso seja uma pessoa coletiva. Tal informação está definida no Decreto-Lei n.º 41-A/2010, no artigo 14 no que diz respeito às contraordenações.

Em Portugal o limite máximo em carro particular são 60 litros.

Se tem ideias para guardar também vários litros de combustível é melhor mudar de ideias! Segundo o artigo 209º da Portaria N.º 1532/08, de 29 de dezembro:

Nas arrecadações dos condóminos é proibido armazenar:

  • a) Líquidos combustíveis cujo ponto de inflamação seja inferior a 21º C (ex. gasolina).
  • b) Líquidos combustíveis cujo ponto de inflamação esteja compreendido entre 21 e 55º C, em quantidades superiores a 10 l (ex. o gasóleo)
  • c) Líquidos combustíveis cujo ponto de inflamação seja superior a 55º C, em quantidades superiores a 20 l;
  • d) Gases combustíveis ou tóxicos.

O incumprimento destas regras, para além da responsabilidade civil, criminal ou disciplinar, conforme o caso, constituem contra ordenações que podem oscilar entre os 180 e 3700 Euros.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Economia

O ZMAR, em Odemira, está à venda. Empresa declarou insolvência e o Eco Camping vai a leilão.

Valor base para venda é superior a 3 milhões de euros

TDS noticias

Publicado

em

A empresa que detém mais de 50% do Zmar Eco Camping, um dos parques de campismo e alojamento mais conhecidos no país, declarou insolvência. O espaço está à venda e irá a leilão no próximo dia 26.

O valor base é de 3.249.326 euros, como se pode ver no site da Leilosoc, empresa que está a organizar o leilão.

Em causa está a venda da participação social da Cravex, S.A. correspondente a 56,60% na empresa Multiparques a Céu Aberto, Campismo e Caravanismo em Parques, S.A.

De acordo com a informação disponível no site, o Zmar tem uma área total de 81 hectares e capacidade máxima para 1572 pessoas. É composto por um eco-hotel – bungalows de tipologias T1 a T3 -, parque de campismo com 90 metros quadrados, com água e eletricidade, um parque aquático, restaurante, bar, supermercado, escritório, equipamentos de apoio (balneários) e copa comunitária.

O espaço inclui ainda uma zona desportiva – que inclui Ténis, padel, polidesportivo (basquetebol, andebol e futsal), ginásio (yoga e relaxamento), spa (massagens bio, esfoliações corporais e faciais bio), zona de aventura (circuito de arvorismo, tiro com arco, passeios de bicicleta, percurso pedestre de manutenção, matraquilhos humanos, entre outros – e uma área infantil – com parque de diversões, eco workshops e ateliers, quinta pedagógica e centro de interpretação ambiental.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Setembro 2019
S T Q Q S S D
« Ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul - Web Development by IDEIAS FRESCAS https://ideiasfrescas.com