Siga-nos

Saúde

Novo Hospital Central do Alentejo ‘nasce’ a 15 de Maio com entrega de documentação ao governo(imagens)

O novo hospital vai custar cerca de 180 milhões de euros, contando com apoio de fundos comunitários no montante de 40 milhões de euros.

Avatar

Publicado

em

O grupo de trabalho responsável pela preparação do lançamento do concurso do Novo Hospital Central do Alentejo vai entregar toda a documentação nas primeiras semanas de Maio. A partir dessa altura a construção do novo hospital pode avançar.

Até 23 de abril o projeto para a nova unidade estará concluído.

Foi esta a informação que deu aos deputados da comissão de saúde da Assembleia da República, José Robalo o líder deste grupo de trabalho e presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo.

Aquele responsável reconheceu na audição pedida pelo PCP, que houve atrasos no lançamento do concurso, os quais se deveram à demora nas negociações com o consórcio responsável pelo projeto do novo hospital.

“Demorámos efetivamente muito tempo nesta negociação. Em junho ou julho [de 2018], o hospital ficou encarregue de fazer uma negociação mais próxima com o consórcio, para chegar a alguma conclusão e só nos foi possível encerrar o processo a 23 de janeiro de 2019”, referiu José Robalo.

Saúde

Campanha “A saúde do coração não tira férias”

A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular tem por finalidade o estudo, investigação e promoção de atividades científicas no âmbito dos aspetos médicos, cirúrgicos, tecnológicos e organizacionais da Intervenção Cardiovascular

TDS noticias

Publicado

em

A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC) está a promover uma campanha de consciencialização com o mote “A saúde do coração não tira férias”.

Estilo de vida saudável previne doença coronária

Esta iniciativa tem como objetivo alertar para a importância de manter um estilo de vida saudável também no período de férias, como forma de prevenção da doença coronária.

“Hipertensão, dislipidemia, colesterol, diabetes, tabagismo, consumo de álcool em excesso, stress e sedentarismo, que leva ao excesso de peso e a alterações metabólicas, são alguns dos fatores de risco para a doença coronária.

É importante consciencializar a população de que deve adotar um estilo de vida saudável como forma de prevenção”, afirma João Brum Silveira, presidente da APIC.

E acrescenta: “Mesmo em tempo de férias, é preciso manter os cuidados regulares com o coração: pratique exercício físico, mesmo que apenas 10 minutos por dia; evite o álcool; não fume; e controle a alimentação, optando por não consumir em excesso alimentos ricos em açúcar e gordura. Lembre-se que a Saúde do Coração não tira férias”.

A doença coronária carateriza-se pela acumulação de depósitos de gordura no interior das artérias que fornecem sangue ao coração. Esses depósitos causam um estreitamento ou obstrução das artérias o que provoca uma diminuição dos níveis de oxigénio e nutrientes que chegam às células do músculo cardíaco. As principais doenças coronárias são a angina de peito e o enfarte agudo do miocárdio.

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento