Últimas:
Notícia TDS: Nova reitora da UÉ toma posse a 10 de maio – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Educação

Notícia TDS: Nova reitora da UÉ toma posse a 10 de maio

Hermínia Vilar, Professora de História, será a nova reitora da Universidade Évora.

Publicado

em

A cerimónia oficial de tomada de posse da nova reitora da Universidade de Évora, Herminia Vilar, acontecerá no próximo dia 10 de maio, às 14h30.

“A professora irá cumprir o mandato pelo período de quatro anos.”

As eleições ocorreram no passado dia 31 de março, depois da segunda volta para se decidir o vencedor, Hermínia Vilar, Professora de História, será a nova reitora da Universidade Évora, ocupando assim o cargo que pertencia a Ana Costa Freitas, desde 2014.

O conselho geral da UÉ, que elegeu a nova reitora, foi constituído por 25 membros, nomeadamente 13 representantes de professores e investigadores, três dos estudantes, dois do pessoal não docente e não investigador e sete personalidades externas, segundo a Academia o novo reitor é eleito para um mandato de quatro anos.

Nesta academia há 32 anos, a professora, doutorada em História Medieval, concorreu ao cargo de reitor da Universidade Évora com mais três candidatos, todos eles professores da UÉ, José Bravo Nico, do Departamento de Pedagogia e Educação, António Candeias, de Química e Bioquímica e Paulo Quaresma, de Informática.

Educação

Portões abertos mas escolas sem aulas

Cenário igual em toda a região

Publicado

em

Foto TDS: Escola Básica Manuel Ferreira Patrício

Greve da função pública

Escolas a ‘meio gás’

Os portões estão abertos mas os alunos não estão.

Só os funcionários que não aderiram à greve estão nas escolas.

O cenário é este em todo o Alentejo.

Praticamente em todos os agrupamentos existem escolas sem funcionar.

Muitos dirigentes sindicais e funcionários vão participar na manifestação em Lisboa.

Continuar a ler

Educação

Cantina de escola em Évora deixa de funcionar devido a casos de covid-19

Vários professores e assistentes operacionais infetados

Publicado

em

Os alunos da escola Conde de Vivalva em Évora vão ficar sem refeitório já a partir de amanhã e por tempo indeterminado devido a vários casos de covid-19 entre funcionários do estabelecimento de ensino.

Para além de casos positivos em auxiliares e assistentes técnicos há também professores com teste positivo à covid-19 o que leva a constrangimentos também no que diz respeito às aulas. 

A Escola Básica Conde de Vilalva, iniciou a sua atividade em 1993, e situa-se no Bairro do Bacelo, em Évora.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!