Últimas:
Moura apoia natalidade com 500€ por cada nascimento. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Sociedade

Moura apoia natalidade com 500€ por cada nascimento.

Câmara Municipal de Moura já apoiou 137 crianças.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

 A Câmara Municipal de Moura disponibilizou em 2018, para todo o concelho, o Programa Municipal de Apoio à Natalidade e Adoção. 

“137 crianças beneficiaram do Programa de Apoio à Natalidade e Adoção” 

Este programa traduz-se num subsídio pecuniário, com valor máximo de 500 euros – pagos em duas prestações – relativos ao nascimento/adoção de cada filho, independentemente do número de filhos existentes no agregado familiar. 

São despesas elegíveis, aquelas que forem realizadas em bens e serviços considerados indispensáveis ao desenvolvimento da criança, tais como consultas médicas, medicamentos, vacinas não contempladas no Plano Nacional de Vacinação, artigos de higiene, alimentação, vestuário e calçado. O apoio apenas será atribuído a bens e serviços adquiridos em empresas do concelho de Moura. 

Desde o início do Programa Municipal de Apoio à Natalidade e Adoção, em 2018, a Câmara Municipal de Moura já apoiou 137 crianças, tendo investido, nesta medida, um total de €53.500,00. 

Os interessados poderão requerer este apoio junto dos serviços da Câmara Municipal de Moura, mediante o preenchimento de formulário próprio e a apresentação da documentação necessária. As candidaturas devem ser apresentadas, impreterivelmente, até 90 dias após o nascimento ou adoção da criança.

Justiça

Juiz Ivo Rosa levanta arresto da propriedade da ex mulher de Sócrates, em Montemor o Novo.

Em causa o Monte das Margaridas propriedade de Sofia Fava.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Arresto levantado ao Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo.

” Operação Marquês “

No despacho instrutório, proferido na sexta-feira, o juiz Ivo Rosa ordenou o levantamento imediato do arresto de vários bens imóveis dos arguidos, designadamente o Monte das Margaridas, em Montemor-o-Novo, adquirido pela ex-mulher de Sócrates Sofia Fava.

“Tendo em conta a decisão de não pronúncia relativamente aos crimes ora em causa, quanto aos saldos bancários apreendidos e bens imóveis arrestados, verifica-se que não existem indícios que as quantias e bens imóveis em causa são produto dos crimes de corrupção passiva de titular de cargo político imputados ao arguido José Sócrates”, lê-se no despacho.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!