Últimas:
Montemor o Novo passa barreira dos 400 casos de Covid. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Montemor o Novo passa barreira dos 400 casos de Covid.

3 novos óbitos e mais 47 casos ativos

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

COVID-19 Situação epidemiológica do concelho

” Mais 47 casos activos no concelho”

Os dados são relativos até às 23h59 do dia 29 de Janeiro fornecida pelo Departamento de Saúde Pública da ARS Alentejo, com mais quarenta e sete casos ativos e treze casos recuperados face aos dados apresentados anteriormente.

Mais 47 casos ativos e mais 3 mortes registadas. Pelo oitavo dia consecutivo registaram-se mortes.

Montemor -o-Novo já regista 404 casos ativos e 45 óbitos.

Dado o elevado número de casos reportado pelo Departamento de Saúde Pública da ARS Alentejo, referentes ao dia 29 de janeiro, a autarquia solicitou esclarecimento junto do Delegado de Saúde Coordenador do ACES Alentejo, que afirmou que “este número reflete uma atualização dos registos do número de infetados no Concelho, relativos a casos já anteriormente sinalizados.”

A Câmara Municipal de Montemor-o-Novo solicitou, ainda assim, “uma melhor identificação da situação, em todo o território do Concelho, por forma a conseguir melhor acompanhar e apoiar os munícipes isolados e/ou infetados.”

Saúde

Odemira recua no desconfinamento. Grândola e Sines estão em alerta.

Veja a lista completa do desconfinamento

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

“Dez concelhos recuam, quatro recuperam”

Lisboa e Braga são as duas capitais de distrito entre os 10 concelhos que recuam no desconfinamento entre eles Odemira.

Quatro recuperaram, mas há 20 sob alerta das autoridades entre os quais estão Grândola e Sines.

Há 10 concelhos que, devido às altas incidências de casos positivos de infeção por SARS-CoV-2, não acompanham a generalidade do país e recuam no desconfinamento:

  • Albufeira, Arruda dos Vinhos, Braga, Cascais, Lisboa, Loulé, Odemira, Sertã, Sintra e Sesimbra (com 480 casos por 100 mil habitantes a duas semanas).

Há 20 concelhos que ficam sob alerta:

  • Alcochete, Águeda, Almada, Amadora, Barreiro, Grândola, Lagos, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Sardoal, Setúbal, Seixal, Sines, Sobral de Monte Agraço e Vila Franca de Xira.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!