Siga-nos

Saúde

Missão Continente apoia o Hospital do Litoral Alentejano

Nesta fase de emergência nacional, a Missão Continente assegura que continuará a dar resposta aos pedidos de apoio que surjam.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Mais de três centenas de produtos alimentares e de higiene foram doados pela Missão Continente à ULSLA-Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano para médicos, enfermeiros e auxiliares de ação médica que trabalham na UCI, em dedicação total aos doentes internados com Covid-19.

Bens alimentares como sumos, bolachas, leite, iogurtes, cereais, fruta e água, além de produtos de higiene (gel de banho e champô) estão entre os artigos entregue aos profissionais de saúde nos últimos dias.

Desde a chegada do novo coronavírus a Portugal, a Missão Continente já respondeu a vários pedidos de apoio, distribuindo milhares de bens alimentares, de higiene e EPIs (equipamentos de proteção individual) por dezenas de entidades em que se incluem hospitais, autarquias e instituições de solidariedade, com o objetivo de ajudar não só os mais vulneráveis e em situação de doença, mas também profissionais de saúde e forças de segurança que continuam na linha da frente a lutar contra a COVID-19.

Além das solicitações que chegam por causa da situação excecional que o país vive, a Missão Continente mantém as habituais doações diárias de excedentes das suas lojas a mais de 1.000 instituições de solidariedade social e apoio a animais, de norte a sul do território continental e arquipélagos, contribuindo para minimizar as ncessidades de cada instituição.

Em 2019, a Missão Continente doou total de 12,3 milhões em excedentes alimentares, dos quais 8,5 milhões foram entregues a 1.013 instituições de solidariedade social e de apoio a animais espalhadas pelo país e os restantes distribuídos internamente nas áreas sociais das lojas e entrepostos.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Saúde

Água das Termas de Cabeço de Vide ajudou a curar doentes COVID-19

Fernando Rocha terá sido um dos que se tratou com a água alentejana.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Dez pessoas infetadas com o novo coronavírus foram tratadas com água das Termas da Sulfúrea, em Cabeço de Vide, Fronteira, Portalegre, e acabaram por testar negativo, após o respectivo tratamento.

“O último caso foi o de um casal de Portalegre que testou negativo após 52 dias de positivo.”

O casal, de 36 e 34 anos, residente na cidade e com duas crianças, uma de sete anos e um menino de 15 meses, testou negativo, esta sexta-feira, após uma semana de tratamento com a água sulfurosa com particularidades muito específicas, e que já tinha sido alegadamente responsável pela cura do comediante Fernando Rocha.

Ao longo desses dias o tratamento do casal passou por ingerir uma quantidade de 10 mililitros de água em jejum e fazer aerossóis durante cerca de 15 minutos, duas a três vezes por dia.

O homem acrescenta mesmo: “Comecei a sentir diferença na respiração” logo ao início, com a “«libertação» da caixa torácica”.

Apesar de ser da região, reconhece que não conhecia as propriedades da famosa água termal: “Entrei em contacto e de imediato me disponibilizaram água”, pelo que é “acessível a qualquer pessoa”.

com JN

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!