Siga-nos

Justiça

Ministério Público constitui nove arguidos na queda da estrada em pedreira de Borba

Os 19 familiares e herdeiros das vítimas mortais da derrocada receberam indemnizações do Estado, num montante global de cerca de 1,6 milhões de euros

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Ministério Público revelou esta segunda-feira que já constituiu nove arguidos, um deles uma pessoa coletiva, no âmbito do inquérito ao acidente ocorrido há quase um ano em pedreiras em Borba, que provocou cinco mortos.

“Até ao momento e para além dos exames médico-legais relativamente às cinco vítimas mortais, foram ouvidas 21 testemunhas, constituídos nove arguidos, sendo um deles uma pessoa coletiva, foram concluídos exames periciais e analisada inúmera documentação”, refere um comunicado publicado na página de Internet do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora.

Na sequência do colapso deste troço de estrada em Borba, o MP instaurou um inquérito “para apurar as circunstâncias que rodearam a ocorrência”, recorda o comunicado de do DIAP.

“O processo, no qual foi judicialmente declarada a excecional complexidade, é dirigido pelo MP do DIAP de Évora, com a coadjuvação da Polícia Judiciária de Évora”, pode ler-se.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Justiça

Mete piri piri na vagina da namorada do ex marido. Relação de Évora condenou a 4 anos.

Caso aconteceu em 2015 no ribatejo.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Mulher teve a ajuda do companheiro

O caso remonta a Julho de 2015. A mulher com a ajuda do seu companheiro apanhou a atual namorada do seu ex marido o colocou-lhe piri piri na vagina.

Aconteceu no ribatejo e no ano passado, em primeira instância, a mulher foi julgada no Tribunal de Santarém.

“A sentença não satisfez as partes e o processo acabou no Tribunal da Relação de Évora.”

A mulher acabou condenada pelos crimes de sequestro, roubo e coação, confirmando a sentença do Tribunal de Santarém.

A autora do crime foi condenada a 4 anos de prisão com pena suspensa apesar de negar os crimes.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com 917278022