Últimas:
Ministério da Saúde quer que sejam divulgados apenas os números da DGS. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Saúde

Ministério da Saúde quer que sejam divulgados apenas os números da DGS.

Câmaras e unidades locais de saúde tem números diferentes da direção-geral de saúde. TDS mantém a divulgação no Alentejo em cruzamento de fontes com unidades locais e autarquias.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A ministra da Saúde, Marta Temido, reagiu hoje à polémica sobre a proibição da partilha de dados epidemiológicos da covid-19 a nível regional, que levou vários autarcas a acusar o Governo de censura.

A ministra disse que “não há qualquer proibição de partilha de informação” mas sim “um apelo” à informação consistente.

Marta Temido pediu às autoridades de saúde locais que não deixem de partilhar informação com as autarquias, mas que o façam utilizando apenas os dados da DGS, de forma a “esclarecer eventuais discrepâncias”.

Já ontem, o Ministério da Saúde proibiu os delegados de saúde pública de cada município de divulgar o boletim epidemiológico para a covid-19, devendo restringir-se aos dados disponibilizados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

As Câmaras de Espinho, Boticas, Valpaços, Chaves e Vale de Cambra manifestaram o seu desagrado pela proibição.

Entretanto, as administrações regionais da tutela comunicaram aos delegados de saúde pública de cada município que lhes estava vedada a divulgação diária da estatística local e que deviam restringir-se aos dados disponibilizados pela DGS.

COVID-19: Distribuição de casos por concelho no Alentejo. 11 de abril

Saúde

Covid-19: Alandroal o concelho do país com ‘piores’ números.

Surto nas obras da ferrovia complicam as contas.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Maior incidência do vírus a 14 dias

” Obras na ferrovia na origem de surto em Alandroal “

Alandroal, é o concelho do país que suscita maior preocupação.

Regista uma maior incidência do vírus a 14 dias.

No período de 24 de março a 6 de abril, o município apresenta uma incidência de 581 casos por 100 mil habitantes, de acordo com os dados do último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) .

É um dos dois concelhos em risco muito elevado, registando um aumento significativo de novos casos de infeção pelo novo coronavírus.

Na atualização anterior, a 5 de abril, Alandroal apresentava uma incidência de 200 casos por 100 mil habitantes a 14 dias.

Em risco elevado, com uma incidência entre 240 e 479,9 casos por 100 mil habitantes, estão os concelhos de Barrancos, Odemira e Moura, na região Alentejo.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!