Últimas:
Militares da GNR de Reguengos não foram chamados aos tumultos. Acompanharam os agressores. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Crime

Militares da GNR de Reguengos não foram chamados aos tumultos. Acompanharam os agressores.

Agressores foram pedir ‘justiça’ ao posto da GNR.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Violência em Reguengos de Monsaraz

“Militares acompanharam agressores”

A história dos acontecimentos de Reguengos de Monsaraz, no último fim de semana, não está contada na sua totalidade.

Os militares da GNR não foram chamados para ‘acalmar’ os tumultos.

Tudo começou quando os alegados agressores tentaram que lhes fosse servida bebida tendo o proprietário do espaço recusado. “Era cerca das 22h00 e a lei proíbe a venda de bebidas alcoólicas”, segundo referiu fonte próxima do proprietário do bar .

Após a recusa os alegados agressores foram às instalações da GNR de Reguengos de Monsaraz pedir a intervenção da GNR contra o próprio bar.

Para espanto de todos os agressores chegaram ao bar, pouco depois, acompanhados dos dois militares da GNR, visíveis nas imagens.

O responsável do bar justificou a recusa da venda de bebidas alcoólicas, às autoridades, tendo os alegados agressores partido para a violência.

Três pessoas ficaram feridas após atropelamento, uma delas com fracturas num membro superior, tendo sido assistido no Hospital de Évora.

Crime

População forma Milícias para defender V.N.Milfontes.

Com conhecimento da GNR local.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Vandalismo obriga a atitude ‘proibida’ por parte da população

“GNR com conhecimento de milícias”

Os atos de vandalismo, em Vila Nova de Milfontes, já tem resposta por parte da população local.

Nas últimas noites uma milícia formada por cerca de 40 pessoas, habitantes locais, tem vindo a ‘confrontar’ os jovens.

O episódio que terá provocado maiores  queixas terá acontecido junto ao Parque de Campismo de Vila Nova de Milfontes. Os jovens disseram à TDS que a ‘milícia’ estava à porta do Parque e que ‘impediu alguns de entrarem’.

os jovens terão pedido ajuda no posto local da GNR mas não tido resposta do militares de serviço.

Oiça as declarações de um dos jovens .

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!