Siga-nos

Justiça

Militar que atropelou mortalmente ciclista em Beja fica em liberdade.

Acusação deverá recorrer da sentença. Familiares da vítima mortal ‘exigem’ pena efectiva.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Militar atropelou mortalmente ciclista em Beja com pena suspensa de quatro anos de prisão.

“Militar da Força Aérea Portuguesa está agora na Base Aérea do Montijo”

O Tribunal de Beja condenou hoje a quatro anos de prisão com pena suspensa, por homicídio por negligência grosseira e omissão de auxílio, o militar alcoolizado que atropelou mortalmente um ciclista na estrada que dá acesso à própria Base.

Na sessão de leitura de sentença, que decorreu esta tarde, o juiz condenou o arguido, o primeiro-sargento da Força Aérea Portuguesa (FAP) Filipe Alves, a três anos e seis meses de prisão por homicídio por negligência grosseira e a um ano e quatro meses de prisão por omissão de auxílio à vítima, perfazendo um cúmulo jurídico de quatro anos.

O militar terá ainda de pagar, durante um ano, mil euros ao Centro de Reabilitação de Alcoitão.

Como pena acessória, o tribunal determinou ainda dois anos de inibição de conduzir para Filipe Alves, que terá de entregar a carta de condução no prazo de 10 dias após o trânsito em julgado da sentença.

Os familiares da vítima, Jorge Martinho, que morreu atropelado contestaram a sentença, no final do julgamento, e deverão recorrer da mesma.

Justiça

Ordem dos Médicos cria comissão para avaliar o que se passou no lar de Reguengos

A informação foi divulgada pelo próprio bastonário. ARS na mira de todas as criticas.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: TDS (direitos reservados)

A Ordem dos Médicos apelou para que a nível judicial se possa considerar “uma ação urgente” para defesa das pessoas doentes, no caso do surto de covid-19 no lar de idosos em Reguengos de Monsaraz.

“Ordem dos médicos avança com comissão para averiguar o que se passou em Reguengos”

O bastonário da Ordem dos médicos confirmou este domingo a criação de uma comissão para avaliar o que se passou no lar em Reguengos de Monsaraz.

Miguel Guimarães adiantou que a comissão está formada e vai começar a trabalhar já amanhã.

A Ordem critica a ARS do Alentejo e avisa que está em causa a saúde dos utentes.

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!