Siga-nos

Crime

Militar alcoolizado acusado de ter atropelado mortalmente um homem começa a ser julgado em fevereiro de 2020

O acidente ocorreu no dia 29 de junho de 2018, cerca das 18:45

TDS

Publicado

em

O militar alcoolizado acusado de ter atropelado mortalmente um homem em Beja e depois fugido começa a ser julgado em fevereiro por homicídio por negligência, condução perigosa e omissão de auxílio, disse fonte judicial.

O início do julgamento do militar, que está em liberdade, sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência, está marcado para o dia 12 de fevereiro do próximo ano, às 10:00, no Tribunal Judicial de Beja, e será feito por um juiz, precisou a fonte.

O acidente ocorreu no dia 29 de junho de 2018, cerca das 18:45, quando o militar, primeiro-sargento da Força Aérea Portuguesa e atualmente com 35 anos, e a vítima, um homem, de 52 anos, circulavam na estrada militar que liga a Base Aérea (BA) n.º 11 ao Itinerário Principal 2, perto de Beja, num veículo ligeiro e numa bicicleta, respetivamente.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Crime

Homem continua em fuga após disparar contra ex mulher e ex sogra. (veja vídeo com o local do crime)

A mulher, de 54 anos, estará livre de perigo, enquanto o estado de saúde da sua mãe, Maria Margarida (73), que também foi alvejada, inspira mais cuidados.

TDS

Publicado

em

Por

Duas mulheres, mãe e filha, de 54 e 73 anos, ficaram feridas com gravidade depois de o ex-marido da mais nova as ter baleado, na aldeia da Cumeada, em Reguengos de Monsaraz

O caso está entregue à Policia Judiciária. O suspeito, ex-marido da mulher de 54 anos, ainda está em fuga.

As duas vítimas foram inicialmente transportadas para o Hospital de Évora, mas devido à gravidade dos ferimentos, foram depois para Lisboa: uma deu entrada no hospital de Santa Maria e outra no de São José.

O ex-casal terá vivido durante largos anos na Suíça e terá regressado a Portugal recentemente. Com o divórcio ainda a decorrer, a mulher foi viver com a mãe de 73 anos para a aldeia da Cumeada.

Arminda Félix, a mulher que foi baleada pelo ex-marido já tinha apresentado queixa na GNR por violência doméstica contra o antigo companheiro, mas nada valeu.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul