Últimas:
Megaprodução sobre o Tarrafal, em Grândola. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Sociedade

Megaprodução sobre o Tarrafal, em Grândola.

Espetáculo vai ter lugar a 12 de fevereiro

Publicado

em

Grândola apresenta “O Campo de Chão Bom”

“Espetáculo multidisciplinar sobre o Tarrafal reúne em palco mais de 50 artistas”

O Município de Grândola e a Direção Regional de Cultura do Alentejo apresentam pela primeira vez em Portugal “O Campo de Chão Bom”, um grandioso espetáculo multidisciplinar com direção artística do conceituado Pascoal Furtado, que junta teatro, dança, poesia, musica ao vivo, artes circenses e vídeo.

Esta megaprodução está agendada para dia 12 de fevereiro, às 21h00, no Parque de Feiras e Exposições.

Da autoria da jornalista Paula Torres de Carvalho, de descendência cabo-verdiana, o espetáculo, que cruza várias linguagens artísticas, é inspirado na obra “O Diabo é meu Padeiro” do autor e ex-Ministro da Cultura de Cabo Verde, Mário Lúcio Sousa, que regressa a Grândola para uma participação especial em “O Campo de Chão Bom”.

Esta representação, que sublinha o dever da memória, centra-se na história da segunda fase do Campo do Tarrafal, em Cabo Verde, quando foi reaberto em 1961 com o nome de “Campo de Trabalho de Chão Bom”. Vários géneros artísticos, reunidos em palco, expressam o sofrimento e a resistência dos presos africanos que se opuseram ao regime do Estado Novo e que foram deportados para o Tarrafal. A narrativa regista memórias da época anterior, entre 1936 e 1962, quando ali estiveram detidos antifascistas portugueses.

Uma performance de grande beleza e intensidade, não só por dar vida à história de um passado recente, refletindo preocupações sociais, culturais, e politicas, mas também pelas diversas artes que juntam numa noite, num só palco, artistas cabo-verdianos, portugueses, guineenses e angolanos.

Do elenco fazem parte Manuel Estevão, como ator principal, a que se juntam António Luis Tomar, Anilson Silva, Augusto Fati, António Borges, Eurico Valentim Santos, Francisco Lopes, Nanny Lima, Livramento Rodrigues e Pedro Armada, bem como os dançarinos Mava José, Mariana Teixeira, Inês Paiva, João Pataco, Iris Lima, Ricardo Reis, Pedro Wayne e Mafalda Rey.

Com direção e participação musical de António Barbosa, «O Campo de Chão Bom» apresentará música ao vivo com Sofia Carvalho (voz), António Lima, Armando Tito, Djone Santos, Lopes Blimundo e ainda do Coro Voz da Terra, dirigido por Heloísa Monteiro.

Agenda

Rota das Tascas regressa a Grândola

Arranca a 4 de junho com petiscos à mesa e muita animação musical.

Publicado

em

Rota das Tabernas

Começa a 4 de junho com petiscos à mesa e muita animação musical

A 26ª edição da iniciativa, interrompida nos últimos dois anos devido às restrições impostas pela pandemia da Covid 19, vai decorrer aos fins de semana de 4 a 25 de junho, em cinco tabernas do nosso concelho.

O evento promovido pelo Município de Grândola tem início no dia 4, na Casa Mostra de Produtos Endógenos, onde serão servidos coelho à São Silvestre, cogumelos com Vinho do Porto, salada de polvo, miolos com carne de vinha d’alhos e uma açorda surpresa.

No dia 9, a Rota segue para a Aldeia Mineira do Lousal.

O Café da Mina apresenta duas sugestões de pão torrado: com tomate e orégãos ou com manteiga e alho; cogumelos salteados com alecrim, queijos e enchidos, linguiça assada, pastéis de bacalhau, e cachola de borrego.

No dia 10, é a vez de A Venda, na Silha do Pascoal, receber o evento.

Em cima da mesa vão estar cachola de porco, açorda de beldroegas e javali.

No dia 11 de junho, a Taberna dos Mosqueirões volta a abrir as suas portas para mais uma noite de convívio à mesa.

Torresmos do rissol, bacalhau assado com pimentos, carne de porco com grão e frango em molho são as sugestões desta taberna.

O Café Ruas, em Azinheira dos Barros, é a taberna anfitriã no dia 18.

Da ementa fazem parte: orelha de coentrada, torresmos do rissol, salada de polvo, choco frito e carne de porco com miolos fingidos.

A Rota das Tabernas termina no dia 25 de junho nas Sobreiras Altas. Aderente do evento nas últimas edições, A Taberna apresenta na sua ementa: torresmos, carnes de coentrada, sopa de cação e galinha acerejada com migas de batata.

Continuar a ler

Crime

ASAE apreende mais de 7 mil artigos contrafeitos

Operação decorreu em Portalegre

Publicado

em

ASAE desmantela unidades ilegais de venda e transformação de produtos contrafeitos

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, no âmbito de uma longa investigação criminal, realizada através da Unidade Regional do Sul – Unidade Operacional de Évora, com o intuito da proteção dos direitos do consumidor e de desmantelar circuitos de economia paralela e de introdução no mercado nacional e internacional de produtos contrafeitos procedeu, no distrito de Portalegre, ao cumprimento de 4 mandados de busca domiciliários e a 12 mandados de busca não domiciliários.

Da ação resultou a apreensão de mais de 7.300 artigos contrafeitos, 2 telemóveis, um equipamento informático, 4 ring light’s e diversos equipamentos de luminosidade e de estúdio utilizados para os diretos efetuados nas redes sociais, para a comercialização dos artigos contrafeitos, tudo num valor aproximado de € 135.000,00 (cento e trinta e cinco mil Euros).

Foi ainda apreendida uma elevada quantidade de etiquetas, chapas metálicas e apliques, as quais eram utilizadas para transformação dos artigos em réplicas dos produtos comercializados por marcas de grande prestígio.

Os suspeitos, através de páginas nas redes sociais, publicitavam e, posteriormente, remetiam para vários locais de Portugal Continental, Regiões Autónomas e também para o estrangeiro, os artigos falsificados, através de transportadoras nacionais e internacionais com recurso a meios de pagamento digitais.

Foram constituídos como arguidos 9 indivíduos, os quais possuem histórico reincidente na prática dos ilícitos criminais em investigação, tendo sido todos sujeitos à medida de coação de TIR (Termo de Identidade e Residência).

A operação contou com o apoio do Grupo de Intervenção de Ordem Pública da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!