Siga-nos

Crime

Mega operação da GNR faz 12 detidos por tráfico de estupefacientes

Esta ação contou ainda com o empenhamento da Unidade de Intervenção, do Destacamento de Intervenção de Setúbal, Núcleos de Investigação Criminal de Almada, Montijo e Palmela, dos Postos Territoriais de Sesimbra, Azeitão e Setúbal e de diversas valências do Destacamento Territorial de Setúbal.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal de Setúbal, deteve nove homens e três mulheres, com idades compreendidas entre os 18 e os 45 anos, pelo crime de tráfico de estupefacientes, na Quinta do Conde.

Após um ano de investigação, foi desenvolvida uma operação que teve como objetivo cessar a atividade delituosa, perpetuada por um grupo organizado, que se dedicava a adquirir, a embalar e a vender estupefacientes, naquela localidade.

Das 12 buscas realizadas, das quais nove domiciliárias, duas em veículos e uma em estabelecimento comercial, resultou a apreensão do seguinte material:

·         436 doses de haxixe;

·         259 doses de cocaína;

·         17 doses de MDMA;

·         Diverso material relacionado embalamento, corte e venda de produto estupefaciente;

·         Dois veículos;

·         Dois motociclos;

·         Artigos em ouro;

·         17 telemóveis;

·         20 168 euros em numerário.

Os visados encontram-se detidos nas instalações da GNR e serão presentes, hoje, dia 3 de julho, a 1.º interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Setúbal.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Crime

Dois detidos por furto de cerca de 130 quilos de pinhas

Os detidos serão presentes, durante o dia de hoje, ao Tribunal Judicial de Santiago do Cacém, para aplicação das medidas de coação.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: GNR

A GNR de Sines, deteve dois homens, com 19 e 46 anos, por furto de pinha de pinheiro-manso, em Sines.

No âmbito de uma ação de patrulhamento direcionada para a prevenção do furto da pinha, que se encontra no período de interdição da sua colheita, os militares abordaram dois homens numa zona de pinhal, num terreno alheio e sem consentimento do proprietário, tendo-lhes sido apreendidos 132 quilos de pinha e diversos utensílios para apanha da mesma, como luvas, sacos e varas.

A GNR relembra que a apanha da pinha de pinheiro manso, ainda que esteja caída no chão, está interdita por se encontrar em época de defeso, salvaguardando assim o crescimento e desenvolvimento da pinha e do pinhão e evitando, dessa forma, a colheita da semente com deficiente faculdade germinativa e mal amadurecida.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Dezembro 2019
S T Q Q S S D
« Nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul