Últimas:
Mariana Almeida vence prémio de 5.000€ com projeto ‘Ao ritmo da arte” – RÁDIO TDS
Siga-nos

Artes

Mariana Almeida vence prémio de 5.000€ com projeto ‘Ao ritmo da arte”

O Emunicipa-te:  Programa  Municipal de Bolsas de gap year é uma iniciativa da Gap Year Portugal em parceria com o Município de Odemira, através do setor da Juventude, com vista a atribuir bolsas a jovens residentes ou estudantes do concelho

Publicado

em

Mariana Almeida

“Ao Ritmo da Arte”

“Ao Ritmo da Arte” da autoria de Mariana Almeida é o projeto vencedor da 1.ª edição do Emunicipa-te no concelho de Odemira, que vai receber uma bolsa de gap year no valor de 5000 €.

O Emunicipa-te:  Programa  Municipal de Bolsas de gap year é uma iniciativa da Gap Year Portugal em parceria com o Município de Odemira, através do setor da Juventude, com vista a atribuir bolsas a jovens residentes ou estudantes do concelho, com idades entre os 18 e 30 anos, para o financiamento de projetos de “gap years” (anos sabáticos) com duração de seis a dez meses.

Com base na visão de que apostar na juventude é apostar na inovação e no futuro, o “Emunicipa-te” tem por principais objetivos desenvolver a participação juvenil, fomentando uma cultura de participação, capacitando os/as jovens para a intervenção ativa nas esferas pública e privada e potenciando-os/as enquanto geradores de mudança e desenvolvimento.

Ao sagra-se vencedora da 1.ª edição do Emunicipa-te no concelho de Odemira com o projeto “Ao Ritmo da Arte a jovem odemirense Mariana Almeida, que ingressou no curso de Arquitetura em Lisboa mas descobriu que era o mundo da arte que a movia, conquistou uma bolsa no valor total de 5000 €, com a qual terá a possibilidade de fazer um gap year pela Europa, pelo período de 8 meses.

A aventura de Mariana Almeida em busca de respostas para um novo caminho académico começará em Barcelona e Paris, onde pretende inspirar-se e dedicar-se à aprendizagem da arte, cultura e línguas, ingressando entre outras experiências em workshops e residências artísticas. A viagem ao “ritmo da arte” segue para Calais onde irá partilhar os seus conhecimentos com a comunidade ingressando em vários projectos de voluntariado. A última fase do roteiro deste gap year passará por Amesterdão, Copenhaga e Reykjavik, cidades onde a arte se alia a técnicas urbanísticas e paisagísticas, ao serviço da sustentabilidade.

x
error: O conteúdo está protegido!!