Últimas:
Manifestação em Évora para apoiar rapper espanhol Pablo Hasél. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Artes

Manifestação em Évora para apoiar rapper espanhol Pablo Hasél.

A União Antifascista Portuguesa pretende demonstrar a sua solidariedade. É a única manifestação de apoio no Alentejo.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Prisão do rapper catalão Pau Rivadulla Dúro

“A União Antifascista Portuguesa pretende demonstrar a sua solidariedade”

A União Antifascista Portuguesa vem, em comunicado, ‘demonstrar toda a solidariedade política e humanitária ao cantor catalão, integrando-se na corrente internacionalista de protesto contra esta arbitrariedade do estado espanhol.’

Para além das concentrações já convocadas em Lisboa (Consulado de Espanha – Av. Da Liberdade),  Faro (Jardim Manuel Bívar) e nas organizadas pela UAP no Porto (Prç D.João I), terá igualmente lugar em Évora (Prç de Sertório), uma concentração de apoio.

Vai acontecer na próxima sexta-feira, 26 de Fevereiro pelas 18:00h.

Segundo a ‘União’ a prisão do rapper catalão Pau Rivadulla Dúro (Pablo Hasél), no passado dia 16, a uma pena efetiva de prisão de 9 meses, ‘é mais uma prova da insustentabilidade da monarquia que dirige o estado espanhol.’

E adianta, ‘a nobreza castelhana continua a puxar cordelinhos contra o seu próprio povo, contra a democracia e contra as autonomias, tentando desesperadamente manter os seus privilégios contra tudo e contra todos.’

A União Antifascista Portuguesa refere que ‘foi a cultura e a liberdade de expressão que foram atacadas.’

E finaliza, ‘Pablo Hasél personifica hoje as multidões que se movem contra a oligarquia dos Borbóns e pelos direitos democráticos e republicanos.’

Continuar a ler
Publicidade

Agenda

Redondo cancelou Ruas Floridas 2021

Pandemia na origem do cancelamento.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

 Edição 2021 das Ruas Floridas foi cancelada

“Deveria realizar-se de 31 de julho a 8 de agosto” 

A Câmara Municipal de Redondo deliberou cancelar a edição de 2021 das Ruas Floridas, que estava prevista entre os dias 31 de julho e 08 de agosto, no uso das competências que a lei lhe confere e tendo em consideração a salvaguarda da saúde individual e coletiva, no quadro do combate à pandemia. 

A decisão foi tomada por unanimidade e por não estarem reunidas todas as condições necessárias para realizar um evento desta natureza, cuja organização envolve centenas de pessoas e uma logística imensa, que traz ao concelho milhares de visitantes. 

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!