Siga-nos

Policias

Mais de 3.500 excessos de velocidade de 5 a 13 de agosto (oficial GNR)

Operação “TAXA ZERO” – Balanço

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

No período de 5 a  13 de agosto, Guarda Nacional Republicana (GNR) realizou uma operação de fiscalização intensiva da condução sob efeito do álcool, que teve como objetivo promover comportamentos mais seguros por parte dos condutores e diminuir a sinistralidade rodoviária grave.

Esta época do ano caracteriza-se pelo aumento de eventos sociais, sejam festivais, convívios ou romarias, em que por norma existe um consumo excessivo de bebidas alcoólicas, associado ao aumento da circulação de viaturas em locais de Veraneio e de diversão noturna, o que potencia a ocorrência de acidentes, muitas vezes com consequências graves.

Durante o período da operação foram testados cerca de 32 mil condutores, tendo sido registados 671 excessos de álcool, dos quais 230 exerciam a condução com uma taxa crime igual ou superior a 1,2 gramas por litro (g/l), resultando na sua detenção, aos quais se acrescentam 163 detidos por falta de habilitação legal para conduzir.

Ainda no decorrer da operação foram detetadas mais de 14 mil contraordenações rodoviárias, das quais se destacam:

  • 3 548 por excesso de velocidade;
  • 578 por falta de inspeção periódica obrigatória;
  • 453 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
  • 390 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução;
  • 310 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

A GNR, em 2018, detetou 9 647 crimes de condução sob a influência de álcool e registou 14 947 acidentes em que os condutores intervenientes apresentaram uma taxa de álcool no sangue superior a 0,50 g/l, e destes, 6 825 tinham uma taxa crime.

Perante estes números, a GNR continuará a intensificar ações de fiscalização no âmbito da condução sob a influência do álcool, no sentido de contribuir para a redução do número de acidentes rodoviários nas estradas.

 

Policias

MAI e Município de Borba assinam contrato local de segurança

Assinatura vem na sequência dos incidentes ocorridos no quartel dos Bombeiros Voluntários de Borba.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Ministério da Administração Interna e o Município de Borba vão assinar um Contrato Local de Segurança, numa cerimónia que decorrerá na próxima terça-feira, dia 07 de janeiro, pelas 17.00 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Borba.

A assinatura do contrato surge na sequência da reunião entre o Presidente da Câmara Municipal de Borba, António Anselmo, e o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, para avaliação da situação de segurança no concelho, depois dos incidentes ocorridos no quartel dos Bombeiros Voluntários de Borba.

No mesmo dia, o Presidente da Câmara Municipal de Borba, acompanhado pelo Ministro da Administração Interna, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Borba, Comandante dos Bombeiros Voluntários de Borba e Comandante da GNR de Évora, foram recebidos em Belém pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para exposição dos acontecimentos ocorridos na madrugada do dia 02 de novembro.

Os Contratos Locais de Segurança visam o aprofundamento das parcerias para a segurança comunitária, desenvolvimento da colaboração com as comunidades locais, redução de atividades criminosas e de comportamentos considerados antissociais e a partilha de responsabilidades com os parceiros locais.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com 917278022