Siga-nos

Economia

Luís Simões diz que Eixo Ferroviário do Sul é um ‘complemento’ aos camiões (com vídeo)

Empresário português inaugurou uma nova Plataforma Logística, em Guadalajara (50kms de Madrid) e contou com a presença de Marcelo Rebelo de Sousa

Avatar

Publicado

em

A Luís Simões inaugurou esta quarta-feira o novo centro de operações logísticas em Guadalajara, a cerca de 60 quilómetros de Madrid. O complexo representou um investimento de 85 milhões de euros, realizado em conjunto com a espanhola Montepino Logística.

Luís Simões garante que o eixo ferroviário sul que, liga Sines a Elvas é um ‘complemento’ à actividade terrestre de mercadorias. ( veja vídeo )

A inauguração do novo centro contou com a presença de representantes das autoridades espanholas, nomeadamente o presidente da câmara de Guadalajara e o presidente da comunidade de Castilla-La Mancha, bem como do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

A nova unidade deverá criar mais de 450 empregos e conta já com um cliente para ocupar um dos edifícios por completo: a Nestlé. A multinacional irá, posteriormente, ocupar o edifício que estará concluído no próximo ano, explicou ao Negócios o presidente da empresa de logística, José Luís Simões.

O responsável defende que Guadalajara será o futuro “núcleo logístico e referência na Península Ibérica e Sul da Europa”. Este novo centro, complementa a plataforma inaugurada pela empresa em Cabanillas del Campo, a escassos quilómetros de Guadalajara.

Continuar a ler
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

avatar
700

Economia

Alcácer do Sal ‘viabiliza’ negócio de 157 milhões na Comporta

Está dado o primeiro passo para estimular vários investimentos previstos na área do turismo

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

A compra dos ativos imobiliários da Herdade da Comporta à Gesfimo pelo consórcio Vanguard Properties/ Amorim Luxury ficou concluída com a assinatura da escritura relativa à aquisição de 1.380 hectares de área de desenvolvimento e floresta.

O negócio foi concluído por 157,53 milhões de euros. Para este desfecho contribuiu a ação do Município de Alcácer do Sal, que aprovou em reunião de Câmara e depois em Assembleia Municipal extraordinárias (a 29 de outubro e a 7 de novembro respetivamente) uma proposta de resolução de utilidade pública para constituição de servidões administrativas e expropriação de direito de superfície para execução do Plano de Pormenor da Área de Desenvolvimento Turístico da Comporta – ADT2.

A constituição das servidões foi um passo decisivo na conclusão do processo, sendo que as servidões administrativas são direitos estabelecidos a favor de terceiros que incidem sobre prédios ou terrenos.

O Município de Alcácer viabilizou assim a concretização do negócio da venda da ADT2 – Comporta, cujos projetos futuros irão estimular o turismo e a economia da região, além de se prever gerar cerca de um milhar de postos de emprego.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Novembro 2019
S T Q Q S S D
« Out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul