Últimas:
Liga dos bombeiros queixa-se a Marcelo da invasão do quartel dos bombeiros de Monforte. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Justiça

Liga dos bombeiros queixa-se a Marcelo da invasão do quartel dos bombeiros de Monforte.

Episódio já não foi o primeiro. Quartel e Centro de Saúde já foram invadidos pela comunidade cigana local.

Foto: Presidência da República
Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Jaime Marta Soares, presidente da LBP, enviou uma carta ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, na qual considera como “uma atitude intolerável e abusiva” a invasão ao quartel de Monforte, que fez “uso da força e da intimidação”.

“… invasão do quartel foi registado no último sábado.”

Na nota enviada ao chefe de Estado, o presidente da LBP refere que o grupo de pessoas “entrou de forma intempestiva e brutal” nas instalações da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Monforte.

Jaime Marta Soares realça que “atos desta relevância, levados a efeito contra os bombeiros por grupos organizados de origem devidamente identificada, têm-se repetido em diversos locais”.

Por isso, a LBP apela para a criação de legislação “para a proteção dos bombeiros e das suas estruturas”.

Cerca de 40 pessoas invadiram as instalações, no último sábado, exigindo que uma criança fosse socorrida, segundo declarações de Gonçalo Lagem, presidente da autarquia.

De acordo com o autarca, um grupo de pessoas tentou entrar “a todo o custo” nas instalações dos bombeiros daquela vila alentejana.

O presidente da Câmara de Monforte recordou ainda que em dezembro “ocorreu um episódio de idêntica natureza” no quartel dos bombeiros, bem como “há cerca de três semanas” no Centro de Saúde de Monforte.

Mais um caso de COVID-19 numa outra comunidade cigana.

Justiça

Presidente da Câmara de Vila Real de Santo António é hoje ouvida em Évora

Foi ontem detida pela Policia Judiciária com mais 3 pessoas. 2 empresários e um funcionário.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Presidente da Câmara de Vila Real de Santo António detida por suspeitas de corrupção

“Venda polémica de terreno da autarquia”

A presidente da autarquia algarvia, Conceição Cabrita, deverá ser ouvida no TIC de Évora, nas próximas horas.

A autarca esteve detida durante a noite e será hoje presente a um juiz de instrução criminal para primeiro interrogatório.

Para além de Conceição Cabrita foram detidos 1 funcionário da autarquia e 2 empresários.

Em causa está a venda de terrenos a uma empresa de construção civil.

A Procuradoria Geral da República informou, em comunicado, que foram detidas quatro pessoas por suspeitas de corrupção, recebimento indevido de vantagem e abuso de poder na intermediação de um negócio imobiliário em Monte Gordo.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!