Últimas:
Jovens de 5 países vão desenvolver projetos em Castro Verde – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Educação

Jovens de 5 países vão desenvolver projetos em Castro Verde

Alterações climáticas é um dos temas a desenvolver.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

No âmbito do programa ERASMUS+ vão decorrer em Castro Verde e Messejana dois Projetos de Intercâmbio, destinados a jovens entre os 16 e 21 anos, e que contarão com a participação de jovens oriundos de Itália, Grécia, Malta, Turquia e República Checa.

“Gota d’Água e Youth Sensing são os dois projetos a desenvolver”

Esta iniciativa oferece uma oportunidade única para os jovens de Castro Verde usufruírem de um intercâmbio internacional e formação educativa de alta qualidade, através do desenvolvimento de competências digitais e de cidadania relevantes, bem como da promoção do diálogo e da partilha cultural entre os participantes internacionais e comunidades locais.

O primeiro projeto – “Gota d’Água”, decorre em Castro Verde, entre 8 e 23 de julho, e pretende contribuir para o maior desafio que as próximas gerações terão de enfrentar: as Alterações Climáticas. O principal objetivo do projeto é procurar desenvolver soluções com impacto na vida das comunidades locais, em torno da prioridade da gestão dos recursos hídricos, e que dependem da participação ativa e da liderança dos jovens.

Já o projeto “Youth Sensing”, que se realiza de 26 de julho a 9 de agosto, em Castro Verde e Messejana, irá trabalhar o Sensoriamento Cidadão, processo através do qual as pessoas constroem, utilizam, ou atuam como sensores – por exemplo, identificando e recolhendo informação (ou “dados”) que as ajudará a resolver um problema que é importante para elas. Este projeto adapta esta abordagem à realidade dos jovens, capacitando o desenvolvimento de soluções Do It Together (DIT) de baixo custo, proporcionando uma forte componente de alcance comunitário ao longo do intercâmbio.

Educação

Campus Sul vai avançar com a Universidade de Évora.

Deverá ser oficialmente criado em setembro.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Campus Sul

“Vai avançar um consórcio entre 3 Universidades entre elas a de Évora”

São 3 universidades, a Universidade do Algarve, a Universidade de Évora e a Universidade Nova, que irão formar um consórcio.

Terá como objetivo fundamental a coesão territorial e a produção de conhecimento e inovação para o desenvolvimento sustentável do Sul.

O consórcio deverá ter 3 ‘linhas mestras’.

Vai trazer uma nova oferta letiva – licenciaturas em que os estudantes estarão um ano no Algarve, um ano em Évora e um ano em Lisboa.

Novas licenciaturas e novos mestrados, vai ter aquilo a que se chama novas formações conferentes de grau.

Mas também vai trazer novas atividades de capacitação da própria administração municipal, ou da administração regional, ou da administração pública a sul, e de diversas outras instituições que exercem atividade a sul.

E vai trazer centros de investigação aplicada sustentável assim como ter agendas colaborativas com os principais parceiros na área económica e na área da coesão regional com as três universidades, em que cada uma vai buscar o melhor que tem do seu conhecimento para apoiar o desenvolvimento do sul.

Em setembro o Campus Sul deverá ser criado.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!