Siga-nos

Crime

Jovem de Elvas assassinada em Lisboa estudou na Universidade de Évora.

Alegado autor do crime já está detido. Corpo da vítima a ser procurado no rio Tejo.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: Facebook

Jovem estudante foi atirada ao rio Tejo por colega de mestrado

“Crime em Lisboa envolve jovem de Elvas”

A jovem de Elvas tinha 23 anos de idade. Segundo as primeiras informações terá sido assassinada por um colega de ‘mestrado’ tendo atirado o corpo ao rio Tejo.

A estudante de mestrado em psicologia era natural de Elvas.

O autor do crime será um jovem, de 25 anos, entretanto detido esta quarta-feira pela PJ, por suspeita de assassinar a colega de universidade em Lisboa.

As autoridades continuam a fazer buscas para encontrar o corpo da vítima, de 23 anos.

Os pais da jovem deram conta do desaparecimento da filha na passada sexta-feira, dia 22, e o alerta foi dado às autoridades.

A jovem assassinada trabalhava na Disney Store do Colombo e vivia em Chelas, Lisboa.

O percurso escolar começou na Academia Música de Elvas em 2007, onde se manteve até 2015, tendo depois frequentado a escola secundária D. Sancho II onde concluiu um curso científico-humanistico.

Ingressou na Universidade de Évora numa licenciatura de Música-Piano, onde permaneceu entre 2015 e 2016.

Estudou depois Psicologia entre 2016 e 2019, tendo concluído essa licenciatura no ISCTE.

Em 2019, entrou no Mestrado de Psicologia Social e das Organizações no ISCTE, em Lisboa.

Crime

Campo Maior – Detido em flagrante delito por furto

Homem foi constituído arguido

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Comando Territorial de Portalegre, através do Posto Territorial de Campo Maior, na madrugada de 6 de julho, deteve um homem de 26 anos, por furto em estabelecimento comercial, em Campo Maior.

“Homem foi constituído arguido”

No decorrer do patrulhamento de prevenção da criminalidade na vila, os militares da Guarda depararam-se com uma janela arrombada de um quiosque e um homem a sair do seu interior.

Ao aperceber-se da presença dos militares da GNR, colocou-se em fuga, tendo sido intercetado e detido logo de seguida, bem como recuperado o valor monetário furtado.

O detido foi constituído arguido e os factos comunicados ao Tribunal Judicial de Elvas.

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!