Últimas:
José Cabeça apurado para os Jogos Olímpicos de Pequim 2022 – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Desportos

José Cabeça apurado para os Jogos Olímpicos de Pequim 2022

Eborense garantiu apuramento esta manhã.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Eborense José Cabeça notabilizou-se no triatlo

“Um Eborense nos Olímpicos de Pequim”

José Cabeça, eborense, a viver do Dubai, é o primeiro Alentejano a estar presente numa edição dos Jogos Olímpicos .

O atleta conseguiu os mínimos esta manhã, nos mundiais que decorrem na Alemanha, garantindo 250 pontos, sendo um dos 30 melhores tempos.

José Cabeça, de 24 anos, competiu nos 10 Km Estilo Livre (Cross Country).

Ganhou por direito próprio a presença nos Jogos Olímpicos de inverno, em Beijing 2022.

Fora do apuramento ficaram outros dois atletas portugueses.

O atleta 

José Cabeça, de 24 anos, a viver no Dubai é atleta desde os seus 5 anos.

É licenciado em treino desportivo.

O eborense treina as modalidades de triatlo, ski, natação, ginásio, ciclismo e Ski Alpino.

Os Jogos Olímpicos

Com apenas um ano para os Jogos Olimpicos de Inverno de Pequim 2022, a emoção cresce entre os atletas dos desportos de inverno, e os fãs do desporto todo o mundo.

De 4 a 20 de Fevereiro de 2022, os melhores atletas de inverno vão se reunir na capital chinesa, assim como em Zhangjiakou, para competir por 109 medalhas de ouro.

Continuar a ler
Publicidade

Desportos

Xadrez nas escolas.

A decorrer em Montemor-o-Novo

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

“ Xadrez, Memória e Inclusão…” está a ser implementado no concelho de Montemor-o-Novo.

“Xadrez em Montemor-o-Novo”

Desde o dia 7 de maio que o Plano de Xadrez Municipal está a ser desenvolvido em todas as escolas do Concelho, na Oficina da Criança e no Centro Juvenil sob o nome “Xadrez, Memória e Inclusão…”. Esta é uma iniciativa do Município de Montemor-o-Novo, em parceria com a Associação de Xadrez “A Torre” e o Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Novo.

Este Plano de Xadrez Municipal visa implementar o ensino do xadrez no concelho de Montemor-o-Novo, através da aplicação de um programa de ensino específico que desenvolve competências como: raciocínio lógico – matemático, o raciocínio analítico e sintético, a atenção, a concentração, a paciência e persistência, a intuição, a memória, as competências de análise e de tomada de decisão, a determinação, a motivação, o desportivismo.

Como aspeto inovador em Portugal, o Plano de Xadrez Municipal – “Xadrez, Memória e Inclusão…” desenvolve a metodologia especifica de Xadrez Terapêutico em alunos com necessidades educativas especiais, nomeadamente com diagnósticos de Perturbação do Espectro do Autismo (PEA) e alunos com diagnóstico de Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção e é desenvolvido por técnicos credenciados pelo IPDJ, e por um Psicólogo especialista em Psicologia Clínica e da Saúde; Psicologia da Educação e Necessidades Educativas Especiais, com formação em Xadrez Terapêutico em PEA e PHDA e pretende com todas as suas iniciativas, democratizar o acesso à prática e à cultura do xadrez, como instrumento educacional, visando o desenvolvimento de crianças e adolescentes do concelho de Montemor-o-Novo.

Utilizando a prática do Xadrez como uma das estratégias de combate ao insucesso escolar, de desenvolvimento pessoal e social, tendo como ponto de partida, a Declaração do Parlamento Europeu, de 15 de março de 2012, sobre a introdução do programa “Xadrez na Escola” nos sistemas de ensino da União Europeia.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!