Siga-nos

Crime

João Moura de Campeão de Espanha de Galgos a suspeito de maus tratos a animais

João Moura foi ouvido no Tribunal de Portalegre e foi constituído arguido. Saiu com a medida de coação mais leve, Termo de Identidade e Residência.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: Taurodromo

João Moura foi detido esta quarta-feira pela GNR, por suspeitas de maltratar cães, e constituído arguido.

A detenção surge na sequência de uma investigação levada a cabo pelo Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (Sepna) da Guarda Nacional Republicana, que foi alertada para o que se estava a passar na herdade em que João Moura reside em Monforte.

Os guardas, que se fizeram acompanhar veterinário municipal de Monforte, apreenderam 18 galgos que se encontravam com sinais de subnutrição.

Vários outros animais foram deixados na herdade, por não apresentarem indícios de maus tratos. Aqueles que se encontravam subnutridos ficaram aos cuidados do canil municipal de Monforte.

As suspeitas surgiram depois de alguns galgos se terem soltado e de terem ido parar à estrada.

Quando foram devolvê-los os elementos da GNR repararam que o estado de magreza alguns deles inspirava preocupação.

O veterinário municipal confirmou hoje que, apesar se tratar de uma raça magra, estes 18 animais estavam abaixo de um peso aceitável.

Duas vezes campeão de Espanha de Galgos

A 27 de fevereiro de 2010, a galga de João Moura, Alheira, venceu o Campeonato Nacional de Espanha de Galgos.

Foi numa prova que decorreu em Canillas Altas, Rielves (Toledo) que a Alheira venceu as duas coleiras, não deixando qualquer hipótese à oponente.

Desta forma João Moura tornou-se pela 2ª vez Campeão de Espanha de Galgos, aumentando o seu palmarés e a juntar aos 15 títulos de Campeão Provincial.

Crime

Campo Maior – Detido em flagrante delito por furto

Homem foi constituído arguido

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Comando Territorial de Portalegre, através do Posto Territorial de Campo Maior, na madrugada de 6 de julho, deteve um homem de 26 anos, por furto em estabelecimento comercial, em Campo Maior.

“Homem foi constituído arguido”

No decorrer do patrulhamento de prevenção da criminalidade na vila, os militares da Guarda depararam-se com uma janela arrombada de um quiosque e um homem a sair do seu interior.

Ao aperceber-se da presença dos militares da GNR, colocou-se em fuga, tendo sido intercetado e detido logo de seguida, bem como recuperado o valor monetário furtado.

O detido foi constituído arguido e os factos comunicados ao Tribunal Judicial de Elvas.

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!