Siga-nos

Política

“Injusto e limitador”, diz Carlos Pinto de Sá sobre a inclusão de Évora na lista ‘negra’.

Presidente da autarquia esteve hoje em direto na TVI24

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Carlos Pinto de Sá diz ser “injusto e limitador”

“Évora passa para a lista dos concelhos com maior risco de covid 19”

Carlos Pinto de Sá, presidente da câmara municipal de Évora, disse hoje na TVI24 que a entrada de Évora na lista dos concelhos com mais restrições é ‘limitador e injusto’.

O autarca de Évora adianta que as medidas são ‘desadequadas’ já que por exemplo não existe ‘contágio comunitário’ no concelho.

Pinto de Sá realçou a questão de ‘não existirem nas escolas infectados que tenham transmitido o vírus ‘ devido ao quebrar das eventuais cadeias de transmissão.

O presidente da autarquia lamenta que este medidas venham a ‘atacar a base da economia em particular as micro e pequenas empresas’.

Pinto de Sá referiu que o número de casos ‘vai aumentar’ e que é importante um equilíbrio entre as questões económicas e as medidas a adoptar.

Por último defendeu que as medidas não devem ser tomadas de igual forma em todo o país.

Autarquias

Aljustrel vai contestar inclusão na lista dos concelhos de risco elevado.

Autarquia diz que foi levado em conta número errado de habitantes

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Município vai contestar inclusão

“Autarquia diz que foi levado em conta número errado de habitantes”

O Município de Aljustrel, com base nos critérios decretados pelo Conselho de Ministros, passou a integrar a lista dos concelhos considerados de risco elevado no âmbito da pandemia Covid-19.

Segundo a autarquia “… o Governo, se baseia na última estimativa efetuada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em 2019, e não no número de habitantes que está referenciado no último Censos.

Este critério não tem ainda em conta, por exemplo, o número de inscritos no Centro de Saúde de Aljustrel, que, neste caso, é superior [9333 utentes].”

E adianta, “Assim, tendo por base a última estimativa do INE de 2019, a fórmula baseou-se na seguinte equação: 20 (número de casos nos últimos 14 dias) ÷ 8247 ( população residente estimada em 2019) = 0,00242512x 100.000 = 242, 51 (240/100.000 é o número limite).

O Município de Aljustrel, embora neste momento de pandemia queira sempre fazer parte da solução e estar inteiramente disponível para colaborar com todas as autoridades e entidades, vai “contestar o critério adotado, por entender que o Concelho sai penalizado, nomeadamente em termos económicos e sociais, e porque estes números não refletem a realidade deste território, com características particulares, nomeadamente no que diz respeito ao número de população atual, fruto da forte atividade industrial e agrícola.”

Continuar a ler

error: Content is protected !!