Últimas:
Hotel de Montemor o Novo lidera lista dos melhores locais do mundo para fazer sexo. – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Turismo

Hotel de Montemor o Novo lidera lista dos melhores locais do mundo para fazer sexo.

O ‘luxo’ é possível numa das ‘sky view suites’ deste hotel de 5 estrelas

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Um dos melhores locais do mundo para fazer sexo.

“Hotel L’and Vineyards entre os mais do mundo para o sexo”

Portugal tem cinco representantes numa lista de 30 locais no mundo como os melhores para fazer sexo.

A lista é mesmo liderada pelo Hotel alentejano de Montemor o Novo. O L’and Vineyards.

O truque poderá ser o de estar deitado na cama e a ver as estrelas.

O ‘luxo’ é possível numa das ‘sky view suites’ deste hotel de 5 estrelas .

A abertura no tecto (como mostra a imagem) permite ao cliente dormir sob o céu alentejano.

O site da unidade hoteleira descreve o espaço assim:

“Mais do que um hotel, o L’AND Vineyards é um retiro exclusivo que combina a arquitetura moderna com a natureza, proporcionando um ambiente de luxo sóbrio, beleza natural e tranquilidade.

Situa-se no coração do Alentejo numa paisagem única, com interiores de Márcio Kogan, arquitetura de Promontório e obras de arte de Michael Biberstein.

No L’AND Vineyards poderá fazer uma viagem gastronómica no restaurante, revitalizar-se no spa de Vinoterapia e dormir no meio da vinha debaixo do céu estrelado do Alentejo.”

Visite o hotel AQUI

Património

Alentejo tem o primeiro caminho de Santiago certificado.

É a concretização de um processo iniciado em 2019.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Caminho Português de Santiago Central

“…o primeiro a obter a certificação”

O Caminho Português de Santiago Central – Alentejo e Ribatejo é o primeiro a obter a certificação governamental do órgão de coordenação nacional criado para o efeito, anunciou em comunicado o Ministério da Cultura.

A certificação foi atribuída através de uma portaria conjunta (n.º 120/2021), publicada esta segunda-feira em Diário da República, das secretarias de Estado do Turismo e Adjunta e do Património Cultural, em resposta a uma candidatura apresentada pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTAR).

Trata-se da primeira concretização de um processo iniciado em 2019 e que tem em vista “a certificação dos itinerários que constituem os Caminhos de Santiago em território nacional e a salvaguarda, valorização e promoção do Caminho Português de Santiago”, explica o Governo.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!