Siga-nos

Crime

HOMEM detido na Vidigueira por furto em residência

Amilcar Matos

Publicado

em

A GNR de Beja aprendeu diverso material a um homem, de 40 anos, por suspeita de furtos na zona da Vidigueira.

No âmbito de uma investigação, que teve início em novembro de 2018, devido a um furto em residência, naquela localidade, os militares realizaram uma busca domiciliária, tendo apreendido o seguinte material:

·         Uma caçadeira;

·         Uma arma de ar comprimido;

·         61 cartuchos, calibre 12;

·         Um carregador de pistola;

·         Sete baterias de automóvel;

·         Nove torneiras de uso doméstico;

·         Três telemóveis;

·         Um gerador;

·         um candeeiro;

·         10 placas sandwich, utilizadas para coberturas.

‘Na sequência da busca, e por no local existirem 7 cavalos e 8 cães em situação irregular, o Núcleo de Proteção Ambiental de Beja procedeu à fiscalização, tendo resultado na elaboração de 27 autos de noticia por contraordenação.’

Foi ainda elaborado um auto de contraordenação por campismo ocasional, devido à falta de autorização da câmara municipal.

O suspeito, desde o dia 31 de janeiro, encontra-se em prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, pelo crime de tráfico de estupefacientes.

Nesta operação foi empenhado o Núcleo de Investigação Criminal e o Núcleo de Proteção Ambiental de Beja, o Posto Territorial de Beja, Cuba e Vidigueira e o Destacamento de Intervenção de Beja.

Crime

Mulher agride marido na via pública e na presença das filhas

Mulher ainda tentou agredir militares da GNR e uma outra mulher

TDS noticias

Publicado

em

Mulher foi detida por violência doméstica

A GNR de Grândola deteve uma mulher, com 44 anos, por violência doméstica em via pública, em Grândola.

Os militares, após receberem uma denúncia de agressões na via pública, deslocaram-se para o local, onde se depararam com uma mulher a agredir fisicamente o seu marido, na presença das filhas de ambos, com 4 e 19 anos.

De imediato pararam as agressões por parte da arguida sendo que, posteriormente, esta agrediu e injuriou os militares da patrulha, tentando ainda agredir uma outra cidadã.

Das diligências efetuadas, foi possível apurar que a arguida possui pendente um processo de afastamento coercivo, por parte do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

A detida permaneceu durante a noite nas instalações do Posto Territorial do Torrão e foi presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Grândola.

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento