Siga-nos

Crime

Homem de 72 anos detido com ‘Kalashnikov’

O indivíduo está detido nas instalações da GNR e vai ser presente, hoje, dia 11 de abril, a primeiro interrogatório, no Tribunal Judicial de Castelo Branco.

Avatar

Publicado

em

A GNR de Castelo Branco deteve um homem, com 72 anos, por posse de várias armas ilegais e de detenção proibida, no concelho de Castelo Branco.

No âmbito de uma investigação, que decorria há cerca de seis meses, devido à suspeita de um indivíduo caçar ilegalmente, a GNR deu cumprimento a um mandado de busca domiciliária, tendo os militares encontrado na residência do suspeito armas para as quais o mesmo não possuía licença ou qualquer documentação, assim como outras cuja a posse é ilegal, como é o caso de armas consideradas de guerra.

Nesta ação foram apreendidas as seguintes armas:

·         Uma espingarda automática AK-47, calibre 7,62 mm;

·         Duas caçadeiras;

·         Duas armas de ar comprimido;

·         141 cartuchos e duas munições, calibre 7,62 mm;

·         Três sabres;

·         Uma arma branca, designada por faca de borboleta;

·         18 laços de cabos de aço, utilizados para caçar, sendo este um método ilegal do exercício do ato venatório.

Esta ação contou ainda com o empenhamento do Núcleo de Proteção Ambiental e de um binómio cinotécnico de deteção de armas.

Crime

Detido por violência doméstica no Gavião

Os militares apuraram que o homem é suspeito de agredir a sua esposa, uma mulher de 48 anos, tendo sido dado cumprimento a um mandado de detenção.

TDS noticias

Publicado

em

O Comando Territorial de Portalegre, através do Núcleo Investigação e Apoio a Vítimas Especificas (NIAVE), no dia 17 de junho, deteve um homem de 60 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Gavião.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o homem é suspeito de agredir a sua esposa, uma mulher de 48 anos, tendo sido dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Ponte de Sor, ontem, dia 18 de junho, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de não permanência na residência da ofendida ou noutra em que esta venha a residir; proibição de contactar a vítima por qualquer meio; não frequentar os locais por esta frequentados; não adquirir e não usar armas; e sujeitar-se a frequência de programa para arguido em crimes no contexto da violência domestica, com tratamento da dependência alcoólica.

 

Continuar a ler

Top

TDS Peça Orçamento