Siga-nos

Artes

Hoje é dia Internacional dos Museus celebrado ‘especialmente’ em Beja.

Primeira ano em que Museu de Beja está integrado na Direção Regional de Cultura do Alentejo.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Hoje é o Dia Internacional dos Museus, uma data simbólica que, este ano, é marcada pela reabertura progressiva em todo o país de museus, palácios, monumentos e sítios arqueológicos.

 “Cerimónias decorrem em todo o país”

No Alentejo, neste que será o primeiro Dia Internacional dos Museus em que o Museu de Beja está integrado na Direção Regional de Cultura do Alentejo, a Direção Regional celebra com o Município um protocolo que permitirá, em breve, lançar o concurso para as obras de conservação e recuperação deste importante Museu Regional Rainha Dona Leonor, que compreende, entre outras, importantes coleções de Arqueologia, Pintura, Azulejaria, Ourivesaria e Escultura, representativas do património histórico e artístico da região.

Esta reabertura acontece em todo o país, com uma geometria flexível e variável de normas de segurança, adaptadas às exigências e especificidades de cada espaço, mas haverá regras transversais em todos os equipamentos: higienização das mãos e dos espaços, etiqueta respiratória, distância mínima de dois metros.

Serão, a título de exemplo, priorizadas visitas de grupo, de lotação mais reduzida, venda de bilhetes previamente agendada, pagamentos por multibanco e/ou recomendados circuitos sinalizados.

Apesar de ainda condicionados pela conjuntura de pandemia que vivemos, o Dia Internacional dos Museus será assinalado com iniciativas muito significativas por todo o país e todas as entradas serão gratuitas, inseridas no espírito do tema apresentado pelo ICOM para 2020, “Museus para a Igualdade: Diversidade e Inclusão”.

A Ministra da Cultura estará presente, pelas 11h00, na reabertura do Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa, onde será dado destaque à apresentação pública do espaço de restauro dos Painéis de São Vicente, considerada a peça mais importante no acervo do MNAA e da pintura portuguesa. 

Do MNAA, a Ministra seguirá para o Palácio Nacional de Mafra, onde irá assistira ao Concerto Especial de Carrilhão, na Torre Sul, pelas 14h30. Pelas 18h30,

Graça Fonseca chegará ao Porto, onde participará da inauguração da exposição A vida como ela é, de Lourdes Castro, no Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves.

Já a Secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural estará no Mosteiro de Alcobaça, pelas 11h00, onde irá acompanhar o primeiro dia da intervenção de conservação e restauro do Túmulo de D. Pedro I.

Da parte da tarde, pelas 15h00, Ângela Ferreira irá realizar uma visita orientada ao Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, onde irá acompanhar a ação de conservação e restauro da Sala do Trono.

A visita inclui a subida aos andaimes de obra para observação da cúpula.

De Norte a Sul do país, a programação é ampla e diversa. Por exemplo, em Viseu, o Museu Nacional Grão Vasco acolhe como “visitantes especiais” os profissionais de saúde da Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital São Teotónio.

Nas Caldas da Rainha, o Museu regional José Malhoa, sob tutela da Direção Regional do Centro, convida-nos a olhar para o Portugal esquecido do Séc. XIX e dos inícios do século XX: “Modos de Ser”, em José Malhoa, com visitas de manhã e à tarde, sujeitas a marcação prévia obrigatória.

Já nos museus sob tutela da Direção Regional do Norte, o primeiro visitante de cada um deles será presenteado com uma oferta, que se traduz num gesto simbólico de boas-vindas.

 Por todo o país, foram ainda preparadas visitas guiadas especialmente dirigidas a visitantes que nunca entraram num Museu, Palácio ou Monumento, e que irão fazê-lo pela primeira vez.

No online, os diretores dos Museus, Palácios e Monumentos prepararam uma mensagem em pequenos vídeos, onde dão as boas vindas a todos os visitantes.

Artes

Palmela volta a abrir as portas do seu Castelo

A entrada em espaços fechados implica a obrigatoriedade do uso de máscara

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Os espaços visitáveis do Castelo de Palmela reabriram ao público hoje, 19 de maio, com um conjunto de regras, para garantir a segurança de visitantes e trabalhadoras/es, face à pandemia da COVID-19.

“A entrada em espaços fechados implica a obrigatoriedade do uso de máscara.”

No Espaço de Transmissões Militares, podem entrar apenas duas pessoas em simultâneo.

Nos restantes espaços não vigiados, o Município apela a que as/os visitantes salvaguardem as devidas distâncias de segurança. Será assegurado um reforço da limpeza diária.

Os espaços visitáveis vão estar a funcionar no horário de verão (até ao último domingo de outubro): o Museu Municipal pode ser visitado de terça-feira a domingo, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00 (encerra aos feriados), e a Igreja de Santiago de terça-feira a domingo, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 20h00.

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!