Siga-nos

Crime

Grupo de jovens entre os 14 e os 16 anos faz furtos em Elvas

Os detidos aguardam em liberdade os tramites processuais referentes à situação.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Comando Distrital da PSP de Portalegre, informa que, hoje, elementos da Divisão Policial de Elvas, no âmbito da sua missão de prevenção da criminalidade, procederam à detenção de 2 indivíduos do sexo masculino, ambos com  16 anos de idade .

Um por furto de uma carteira, que continha no seu interior 150.00€, vários cheques e diversos cartões de debito e credito e outros cartões de importância para a vitima, sendo que o furto aconteceu numa artéria da cidade de Elvas. O outro jovem por resistência e coação sobre Agente de Autoridade.

Após ter tido conhecimento do furto, a PSP mobilizou os seus meios para o local, vindo a intercetar de seguida um grupo de 6 adolescentes.

Refira-se que a vitima tinha procedido ao levantamento do dinheiro momentos antes numa máquina Multibanco cerca do local do furto.

Igualmente refere-se que o grupo de indivíduos intercetados tinha a idade compreendida entre os 14 e os 16 anos.

Os indivíduos menores de 16 anos de idade foram entregues aos pais, sendo o expediente encaminhado para o MP de Elvas e CPCJ de Elvas.

Destaca-se igualmente e após diligências efetuadas pela PSP, junto do grupo intercetado, no âmbito de um outro furto ocorrido em Elvas, foi possível proceder à recuperação de um telemóvel no valor de 180.00€.

Igualmente foi apreendido ao grupo a quantia de 43.00€, por os mesmos não conseguirem justificar a sua posse, totalizando a quantia apreendida de 193.00€.

A carteira, bem como o dinheiro e os respetivos cartões foram entregues à sua proprietária, bem como o telemóvel recuperado foi igualmente entregue à sua proprietária.

Crime

Filho que deixou morrer mãe detido até julgamento

Idosa foi encontrada em casa com sinais de subnutrição e desidratação.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Crime em Grândola

“Filho deixa morrer mãe sem alimentação e água”

Foi detido e vai aguardar julgamento em prisão preventiva o homem de 52 anos que deixou morrer a própria mãe à fome.

A idosa, de 84 anos, foi encontrada já sem vida na sua casa em Grândola com sinais de subnutrição e desidratação.

A vítima estaria confinada ao seu quarto e sem alimentos. Uma situação conhecida pelo próprio filho que vivia com ela.

O homem foi ouvido por um juiz e vai aguardar julgamento em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Lisboa.

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!