Siga-nos

Crime

Grândola – Quatro detidos por tráfico de estupefacientes

Para além da droga e das armas a GNR apreendeu mais de 7 mil euros em dinheiro.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Grândola, ontem, dia 29 de julho, deteve quatro homens, com idades compreendidas entre os 23 e os 35 anos, por tráfico de estupefacientes, em Grândola.

“… quatro detidos em Grândola”

A ação foi efetuada na sequência de uma investigação efetuada pelos militares da Guarda, relacionada com o tráfico de estupefacientes, a decorrer desde 2018, tendo envolvido sete buscas domiciliárias e três em veículos que permitiram apreender o seguinte material:

·         406 doses de haxixe;

·         102 sementes de cannabis;

·         45 doses de cocaína;

·         18,4 doses de liamba;

·         Dez plantas de cannabis;

·         Cinco pastilhas de ecstasy;

·         Três balanças digitais;

·         Uma estufa utilizada na plantação de cannabis;

·         Diverso material relacionado com embalamento de produto estupefaciente;

·         7080 euros em numerário;

·         Uma arma de caça transformada;

·         Uma carabina de ar comprimido calibre 4.5;

·         Seis cartuchos caça;

·         Seis armas brancas;

·         Uma lata spray gás pimenta;

·         Um bastão;

·         Dois tablets;

·         Dois computadores portáteis;

·         Seis telemóveis;

·         Uma viatura;

·         Artigos em ouro, com o peso total de 80 gramas;

·         400 isqueiros;

·         Material de som.

As armas estão todas em situação ilegal. Os detidos vão ser presentes ao Tribunal Judicial de Grândola, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

Crime

PSP faz buscas domiciliárias

Em causa estão crimes contra o património

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Comando Distrital de Portalegre da PSP, através da Divisão Policial de Elvas, informa que hoje, procedeu ao cumprimento de Mandados de Busca Domiciliária, em 4 residências localizadas no Centro Histórico de Elvas.

“Crimes contra Património “

O processo em investigação é referente a crimes contra o património e a sua investigação decorre à seis meses.

As diligências realizadas resultaram na detenção de um indivíduo do sexo masculino com 22 anos de idade, na identificação e constituição de arguido de um outro indivíduo do sexo masculino com 17 anos de idade e na identificação de um menor ao abrigo da Lei Tutelar Educativa.

Na presente ação foram empenhadas 4 Equipas de Investigação Criminal e 1 Equipa de Intervenção Rápida da Divisão Policial de Elvas.

Durante as referidas diligências, foi possível recuperar vários diversos objetos, sob os quais existem fundadas suspeitas de terem sido furtados, nomeadamente:

  • 7 telemóveis;
  • 1 televisão;
  • 1 coluna de som;
  • 1 computador portátil;
  • 1 tablet;
  • 2 carteiras.

Foram ainda apreendidos cautelarmente:

  • 1 passa montanhas;
  • 1 par de luvas;
  • 1 arma branca;
  • 7 bastões de equitação, suscetíveis de serem utilizados como arma de agressão.

Sobre este material suspeito, a PSP vai desde já encetar diligências no sentido de proceder à identificação dos lesados para que os bens recuperados lhes sejam restituídos.

Com esta operação policial, a PSP conta igualmente reforçar o sentimento de segurança à população elvense, mantendo a sua atenção e atuação de âmbito preventivo no que se refere à ocorrência de crimes contra o património e contra as pessoas, procedendo à identificação dos autores dos furtos, recuperação do material furtado e posterior restituição dos bens aos seus proprietários.

Todos os indivíduos foram restituídos à liberdade, onde aguardam os trâmites legais do processo.

Continuar a ler

error: Content is protected !!