Siga-nos

Crime

Grândola – Quatro detidos por tráfico de estupefacientes

Para além da droga e das armas a GNR apreendeu mais de 7 mil euros em dinheiro.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

O Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Grândola, ontem, dia 29 de julho, deteve quatro homens, com idades compreendidas entre os 23 e os 35 anos, por tráfico de estupefacientes, em Grândola.

“… quatro detidos em Grândola”

A ação foi efetuada na sequência de uma investigação efetuada pelos militares da Guarda, relacionada com o tráfico de estupefacientes, a decorrer desde 2018, tendo envolvido sete buscas domiciliárias e três em veículos que permitiram apreender o seguinte material:

·         406 doses de haxixe;

·         102 sementes de cannabis;

·         45 doses de cocaína;

·         18,4 doses de liamba;

·         Dez plantas de cannabis;

·         Cinco pastilhas de ecstasy;

·         Três balanças digitais;

·         Uma estufa utilizada na plantação de cannabis;

·         Diverso material relacionado com embalamento de produto estupefaciente;

·         7080 euros em numerário;

·         Uma arma de caça transformada;

·         Uma carabina de ar comprimido calibre 4.5;

·         Seis cartuchos caça;

·         Seis armas brancas;

·         Uma lata spray gás pimenta;

·         Um bastão;

·         Dois tablets;

·         Dois computadores portáteis;

·         Seis telemóveis;

·         Uma viatura;

·         Artigos em ouro, com o peso total de 80 gramas;

·         400 isqueiros;

·         Material de som.

As armas estão todas em situação ilegal. Os detidos vão ser presentes ao Tribunal Judicial de Grândola, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

Crime

Filho que deixou morrer mãe detido até julgamento

Idosa foi encontrada em casa com sinais de subnutrição e desidratação.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Crime em Grândola

“Filho deixa morrer mãe sem alimentação e água”

Foi detido e vai aguardar julgamento em prisão preventiva o homem de 52 anos que deixou morrer a própria mãe à fome.

A idosa, de 84 anos, foi encontrada já sem vida na sua casa em Grândola com sinais de subnutrição e desidratação.

A vítima estaria confinada ao seu quarto e sem alimentos. Uma situação conhecida pelo próprio filho que vivia com ela.

O homem foi ouvido por um juiz e vai aguardar julgamento em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Lisboa.

Continuar a ler

Copyright © 2020 TDS - Rádio e Televisão do Sul | redação: info@televisaodosul.pt 266702926 |Comercial: dialogohabil@gmail.com Publicidade site | rádio: 917278022

error: Content is protected !!