Pandemia Covid-19

“Novas medidas serão idênticas às de março” 

O Governo vai aprovar e anunciar as novas medidas restritivas na quarta-feira.

Sabe a TDS que deverão ser semelhantes às de março e abril de 2020.

Normas de um confinamento que entrará em vigor logo no dia seguinte à meia noite.

O novo confinamento entrará em vigor às zero horas de quinta-feira, 14 de janeiro, antecipando em dois dias a data que estava prevista para a entrada em vigor do novo estado de emergência.

A ideia é manter as escolas abertas, sendo este o fator que diferencia este do primeiro confinamento.

O Governo defende que na escola alunos estão em maior segurança sanitária, bem como não prejudicam o seu processo de aprendizagem.

A estas razões soma-se uma terceira adiantada por Siza Vieira na sexta-feira: o rombo na economia que significa um dos pais ter de ficar em casa para acompanhar os filhos, como aconteceu entre março e abril.