Últimas:
GNR presta apoio a cidadãos em confinamento obrigatório – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos
blank

Policias

GNR presta apoio a cidadãos em confinamento obrigatório

GNR volta a apelar para que todos fiquem em casa.

Foto: GNR
Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Durante este período de Estado de Emergência, a Guarda Nacional Republicana, a par de sensibilizar para a limitação da circulação na via pública ou fiscalizar as violações previstas na lei.

“GNR apoia cidadãos em confinamento obrigatório.”

A GNR está ainda empenhada em estar junto não só dos mais vulneráveis, mas também de todos aqueles que, por seu infortúnio, se encontram sujeitos a confinamento obrigatório.

Todos os que se encontram nessa situação, designadamente os doentes com COVID-19, infetados com SARS-Cov2, ou todos aqueles a quem tenha sido determinada a vigilância ativa pelas autoridades de saúde, e que obrigatoriamente devem permanecer isolados no seu domicílio, podem agora contar, para além do apoio da Segurança Social, com o apoio da GNR, através do Posto Territorial mais próximo da sua residência.

Esse apoio materializa-se na satisfação das suas necessidades básicas, caso não tenham a quem recorrer, para a entrega de bens essenciais, como produtos alimentares ou medicamentos.

Crime

Alcácer do Sal – Prisão preventiva por violência doméstica

Homem tem 23 anos. Vítimas são os pais.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Prisão preventiva por violência doméstica

 “Alcácer do Sal”

O Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vitimas Específicas (NIAVE) de Setúbal, no dia 6 de abril, deteve um homem de 23 anos por violência doméstica, no concelho de Alcácer do Sal.

Na sequência de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o agressor coagia as vítimas, sua mãe de 62 e avó de 84, a fim de lhes exigir dinheiro todos os dias.

Caso não o fizessem, sujeitava-as a agressões verbais, físicas e ameaças de morte, condicionando-as a viver num clima de constante terror e a temer pela própria vida.

No seguimento das diligências policiais foi dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente ontem, dia 8 de abril, ao Tribunal Judicial de Setúbal, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!