Siga-nos

Notícia TDS

GNR na fronteira do Caia finalmente com máscaras

Mas ainda sem luvas de protecção.

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Foto: Bruno Baltazar | TDS (direitos reservados)

Os militares de serviço na fronteira do Caia já usam máscaras mas ainda estão sem luvas.

O comando geral, que tinha dado ordens para a não utilização de máscaras nem de luvas e para a retirada da boina, volta agora atrás com a decisão.

Os militares estão agora obrigados ao uso de máscara de protecção.

Na fronteira do Caia aconteceu um dos casos que deixou ‘mossa’ no efectivo da guarda.

Após a detenção de uma mulher que acusou COVID-19,16 militares do Destacamento Territorial de Elvas, que estiveram em contacto com a mulher, estão em quarentena.

Os guardas que a detiveram, os que a transportaram para o posto e depois para o hospital e a militar do sexo feminino que a revistou estão todos de quarentena em casa. 

Se algum deles apresentar sintomas da doença, terá de fazer o teste. 

Entre os militares em quarentena – num total de 16 que interagiram com a detida e entre si – está o comandante do próprio posto. 

Todos têm indicações para não terem qualquer tipo de contacto com a família.

O posto da GNR de Elvas foi na altura desinfetado por uma equipa especializada. 

Desde as 23:00 de 16 de março que está vedada a circulação rodoviária nas fronteiras terrestres, com exceção do transporte internacional de mercadorias, do transporte de trabalhadores transfronteiriços e da circulação de veículos de emergência e socorro e de serviço de urgência.

Distribuídos equipamentos de proteção individual às forças de segurança

Os equipamentos foram distribuídos a PSP e GNR, bombeiros e elementos do SEF.

A secretária de Estado da Administração Interna acompanhou a distribuição e revelou que tem sido positivo o balanço da fiscalização nas estradas e na via pública.

Patrícia Gaspar sublinha que os equipamentos já entregues são apenas uma parte de todos os que serão necessários.

Dados TDS de casos de COVID-19 no Alentejo por concelho.

Notícia TDS

PSP revista manifestantes contra o ‘CHEGA’

Revista aos manifestantes em plena Praça do Giraldo

Rádio e Televisão do Sul | TDS

Publicado

em

Fotos: TDS (direitos reservados)

PSP atua em termos preventivos

“Agentes da PSP estão a revistar manifestantes”

São cerca de 300 manifestantes ‘Pela Liberdade’ que estão concentrados na Praça do Giraldo. Protestam contra a presença do CHEGA em Évora onde vai realizar uma manifestação a partir das 19h00.

Todos os elementos ‘Pela Liberdade’ estão a ser revistados pelos agentes da PSP.

A policia tenta encontrar quaisquer armas ou outros artefactos que possam ser arremessados contra os manifestantes do CHEGA que se irão concentrar na Praça do Giraldo a partir das 19h00.

O CHEGA realiza a sua manifestação ‘Contra a hipocrisia do racismo para esconder a corrupção’ enquadrada na programação da sua convenção nacional que se realiza em Évora este fim de semana.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

OUTRAS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Categorias

ARQUIVO

error: Content is protected !!