Siga-nos

Sociedade

GNR intensifica ação nas explorações agrícolas

Os militares, atendendo ao número de acidentes mortais que envolvem veículos agrícolas, irão sensibilizar os utilizadores de tratores e máquinas agrícolas, para as regras de segurança inerentes à condução e utilização de tais veículos, dando primazia ao contacto pessoal.

Avatar

Publicado

em

A partir de hoje e até ao dia 31 de julho, a Guarda Nacional Republicana (GNR), vai intensificar o patrulhamento nas explorações agrícolas, em todo o território nacional, com o objetivo de prevenir a criminalidade em geral e os furtos em particular, dando ainda especial atenção aos acidentes com veículos agrícolas (tratores) e possíveis situações de tráfico de seres humanos.

Durante a operação, a GNR vai promover ações de informação e sensibilização junto das comunidades rurais, muito especialmente dos agricultores, sobre medidas de prevenção e proteção contra furtos, em particular contra o furto de cortiça, ou outros produtos agrícolas, cobre e outros metais não preciosos.

No intuito de garantir que as diversas campanhas agrícolas decorram num clima de segurança, a GNR vai desenvolver ações de policiamento de proximidade e de fiscalização, empenhando militares de diferentes valências, nomeadamente, dos Comandos Territoriais, do Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente, da Investigação Criminal e da Unidade de Ação Fiscal, existindo ainda um reforço do patrulhamento a cavalo. Para fazer face à criminalidade transfronteiriça serão efetuadas ações de fiscalização em coordenação com a Guardia Civil.

Sociedade

PAN pede às autoridades para terem ‘especial atenção’ a Barrancos e Monsaraz. Partido ‘esqueceu-se’ que morte do touro é legal.

Barrancos abriu o caminho a Monsaraz, que conseguiu que o ritual dos touros de morte – realizado de forma ilegal, segundo a autarquia desde 1929, fosse também reconhecido como uma tradição em 2014.

TDS noticias

Publicado

em

A duas semanas das tradicionais festas de Barrancos, conhecidas pelos touros de morte, o  PAN pede para que as «autoridades competentes» realizem «um maior reforço na fiscalização destes eventos para que não se permita qualquer violação à lei».

PAN ‘esquece’ legalidade da morte do touro em Barrancos e Monsaraz

Quem o afirmou foi Inês de Sousa Real, deputada municipal em Lisboa do partido que sempre se pronunciou contra as touradas, em declarações ao jornal Sol.

O apelo do PAN estende-se também às festas de Nosso Senhor Jesus dos Passos em Monsaraz, a outra localidade alentejana, para além de Barrancos, em que é autorizada a matança do touro numa arena em Portugal.

Esta exceção foi concedida em 2014 às celebrações de Reguengos de Monsaraz, que decorrem, geralmente, no segundo fim de semana de setembro.

Continuar a ler
Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

OUTRAS NOTÍCIAS

Categorias

Comentários

ARQUIVO

CALENDÀRIO

Agosto 2019
S T Q Q S S D
« Jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Top

Copyright © 2019 TDS - Rádio e Televisão do Sul