Últimas:
GNR e ISSP assinam Protocolo de Cooperação no âmbito do Estatuto do Cuidador Informal – TDS Radio e Televisão do Sul
Siga-nos

Policias

GNR e ISSP assinam Protocolo de Cooperação no âmbito do Estatuto do Cuidador Informal

“Operação Censos Sénior” decorrerá durante o próximo mês de outubro.

Publicado

em

Objetivo é informar cidadão sobre o Estatuto do Cuidado Informal

“Organizações pretendem organizar ações conjuntas destinadas a divulgar as regras de apoio, de acesso dos cidadãos, diretos e benefícios.”

A Guarda Nacional Republicana (GNR) e o Instituto da Segurança Social (ISS I.P.) assinaram, no dia 14 de julho, um Protocolo de Cooperação para aumentar informação dos cidadãos relativa ao Estatuto do Cuidador Informal. O protocolo foi assinado no Comando-Geral da GNR, no Largo do Carmo, em Lisboa, pelo Comandante Operacional da GNR, Tenente-general José Manuel Lopes dos Santos Correia, em representação da Guarda, e pelo Presidente do Concelho Diretivo do Instituto da Segurança Social, Dr. Rui Fiolhais.

O ISS acompanha, fiscaliza e avalia o cumprimento das medidas das áreas de intervenção, devendo providenciar os instrumentos e os meios adequados à sua realização, onde se inclui o Estatuto do Cuidador Informal (ECI), que regula os direitos e os deveres do cuidador e da pessoa cuidada e estabelece medidas de apoio.

A GNR desenvolve programas específicos de proximidade à comunidade, no âmbito da Repartição de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário, cumprindo a visão estratégica de ser reconhecida como “uma força de segurança humana, próxima e de confiança”, afirma o comunicado.

“Nesse sentido, e reconhecendo que a GNR possui capacidade nacional para beneficiar com informação os cidadãos mais isolados e vulneráveis, a GNR e o ISS pretendem com este Protocolo organizar ações conjuntas de formação destinadas a divulgar informação relativa às regras de apoio e de acesso dos cidadãos, seus diretos e benefícios previstos para o Estatuto do Cuidador Informal.” lê-se ainda.

As ações e iniciativas que as entidades desenvolvem em conjunto no âmbito do Protocolo assinado, “terão maior incidência no âmbito da Operação Censos Sénior, que decorrerá durante o próximo mês de outubro, na qual serão divulgadas as informações relativas aos cuidadores dos Idosos, em ações de proximidade e/ou nas redes sociais, bem através de várias ações de sensibilização em grupo de pessoas idosas mais vulneráveis.”

Crime

Dois homens detidos em Azinheira de Barros(Grândola) por incêndio florestal.

Homens vão ser presentes a Tribunal

Publicado

em

Grândola, Azinheira de Barros

Dois detidos por incêndio florestal

O Comando Territorial de Setúbal, através do Posto Territorial de Grândola, no dia 17 de maio, deteve dois homens de 68 e 69 anos por incêndio florestal, na localidade de Azinheira de Barros, em Grândola.

Na sequência de um alerta que estaria  a deflagrar um incêndio florestal, os militares da Guarda deslocaram-se ao local e, após diligência policiais, constaram a presença de dois homens, que teriam efetuado uma queimada sem autorização para o efeito.

A referida queimada ficou fora de controlo, provocando um incêndio que consumiu cerca de 5,5 hectares de pasto e vegetação.

Os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial de Grândola, para aplicação das medidas de coação.

A GNR relembra que:

·         As queimas e queimadas são das principais causas de incêndios em Portugal;

·         A realização de queimadas, de queima de amontoados e de fogueiras é interdita sempre que se verifique um nível de perigo de incêndio rural «muito elevado» ou «máximo», estando dependente de autorização ou de comunicação prévia noutros períodos;

Para evitar acidentes siga as regras de segurança, esteja sempre acompanhado e leve consigo o telemóvel.

A Guarda Nacional Republicana, através do Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), tem como preocupação diária a proteção ambiental e dos animais. Para o efeito, poderá ser utilizada a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) funcionando em permanência para a denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas.

Continuar a ler

Acidentes

14 acidentes em 2 dias no distrito de Évora.

Dados do fim de semana da GNR de Évora

Publicado

em

Ocorrências GNR Évora 13 a 15 maio

14 acidentes de viação dos quais 8 colisões, 4 atropelamentos e 2 despistes.

Resultaram 7 feridos todos ligeiros.

Fim de semana também marcado por 6 incêndios. 4 florestais e 2 em veículos agrícolas.  Arderam cerca de 8hectares de pasto e mato.

No mesmo período tiveram lugar 22 crimes e foram detidas 7 pessoas.

Durante o fim de semana foram detectadas 212 infrações rodoviárias.

Continuar a ler

x
error: O conteúdo está protegido!!